I. Reticências… É bom viver revisando.

memórias e mini crônicas ilustradas

Uma coisa legal do Medium é poder viver revisando seus textos. Deixei esse “draft” aberto para escrever qualquer coisa. E só tentar fazer sentido ao organizar no final, mas o final nunca vem. Em vez de planejar um texto de antemão. Pensei em escrever memórias. Coisas de que eu me lembre de muito tempo.

Não lembro bem dessas coisas. Não é culpa do tempão. Tem coisa de agora há pouco de que eu tampouco consigo me lembrar. E nem tudo de que eu lembro vale a pena. Às vezes parece que só me lembro do que não vale a pena. Tem umas maluquices que me passam rápido pela cabeça que até eu acho interessantes, mas elas passam. Teve uma época aí em que eu desenhava logo essas ideias, mas frequentemente só me interessavam os textos, e um desenho não me ajudava nem a lembrar. Como esse do desenho besta do genocídio de insetos por causa da dieta sem glúten que dizimou os insetos da casa. Se bem que o proeminência do sofá no desenho me faz ter pena das formigas que tiveram que abandonar a casa.

desenho publicado antes no https://instagram.com/tiogegeca/ e no https://www.flickr.com/photos/tiogegeca/

Tem uns casos em que a imagem, sem necessidade de um texto, é que me faz chorar e tudo mais. Sempre tenho pena do Adoniran não ter guardado nada além das meias e sapatos da Iracema, seu grande amor que morreu atropelada na contramão vinte dias antes do casamento deles. Minhas Iracemas, ah que pena… Guardei um pouco mais que meias e sapatos, mas ver o par de chinelos no canto do banheiro sempre me traz a mesma tristeza. Não é um chinelo esquecido. É uma pessoa inteira sumida.

desenho publicado antes no https://instagram.com/tiogegeca/ e no https://www.flickr.com/photos/tiogegeca/

Isso acabou virando memórias ilustradas. Que bom que eu posso deixar em aberto para revisar e acrescentar novos casos dessas tentativas, felizmente insistentes. Aliás, continuo indo infelizmente bem nisso de querer dar e receber, sempre em busca de uma felicidade. São mundos inteiros de que sobram mais desgostos do que impulsos.

desenho publicado antes no https://instagram.com/tiogegeca/ e no https://www.flickr.com/photos/tiogegeca/