Hubble Fotografa Estrela-Furacão

Esta imagem fantástica obtida com a câmara ACS (Advanced Camera for Surveys) do telescópio Hubble, mostra a estrela de Wolf-Rayet WR31a, situada a uma distância de 30 mil anos-luz, na direcção da constelação austral Carina (a Quilha).

A bolha de plasma que circunda a estrela é composta por hidrogénio e hélio expelidos das suas camadas exteriores durante uma fase eruptiva há cerca de 20 mil anos. Este material torna-se luminoso quando interage com o vento estelar intenso da estrela, composto por iões de espécies químicas como o nitrogénio, carbono e oxigénio. A energia depositada por este vento obriga a bolha a expandir-se a uma velocidade de 220 mil quilómetros por hora!

Se quiserem saber mais sobre as raríssimas estrelas de Wolf-Rayet podem ler este artigo.

Crédito: ESA/Hubble & NASA, Judy Schmidt.

(Fonte: NASA/ESA)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.