Voando Sobre o Pólo Norte de Saturno

A sonda Cassini, da NASA, encontra-se em órbita de Saturno desde 2004. Após 12 longos anos de exploração do gigante de gás, dos seus anéis e dos seus satélites, a sonda está a chegar ao fim da sua missão. De facto, no dia 15 de Setembro do próximo ano, a Cassini irá mergulhar na atmosfera de Saturno para recolher informação sobre a sua composição e características físicas. Será a sua derradeira experiência.

Entretanto, a NASA programou a sonda para um conjunto de 20 órbitas arriscadas que a fazem sobrevoar o pólo norte de Saturno para logo depois mergulhar em direção aos anéis, passando um pouco ao lado dos mesmos. A primeira destas manobras foi realizada no passado dia 4 de Dezembro e as imagens começaram a chegar.

Crédito: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute.

Obtida no dia 2 de Dezembro, quando a sonda sobrevoava ainda o pólo norte de Saturno, a imagem aqui exposta mostra uma atmosfera dinâmica com torvelinhos, nuvens de convecção brancas e correntes de jacto globais. A imagem é mesmo dominada por uma destas correntes com a forma de um hexágono (só parcialmente visível na imagem) que circunda o pólo norte do planeta. Esta estrutura gigante, onde os ventos atingem os 320 km/h, é maior do que a Terra! No centro desta formação, um gigantesco vórtice polar, hipnótico, parece dominar a cena em seu redor. O anel de nuvens brancas brilhantes no seu bordo gira com uma velocidade de 550 km/h!

Fonte: NASA.

Like what you read? Give Luís Lopes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.