Páginas do diário da Mad

19/10/2016

Eu te vi passando por mim em frações de segundos que eram a eternidade e mesmo assim naquele momento não tinha voz pra te chamar, gritar. Creio que você me viu, eu sei que me viu, mas por algum motivo segue sem me dar nenhuma explicação e fazendo com que eu entenda só com uma parte de mim.

O meu quarto anda girando comigo em cima da cama! Eu estou parada, mas você não.