Imagine uma cor, qualquer cor

Fundada em 1962, a Pantone criou um universo colorido e dita tendências até hoje.

A Pantone se intitula a maior autoridade em cores do mundo, e ela não está errada. Referência total e amplamente utilizada nas indústrias criativas, a marca é famosa por sua Escala de Cores, um sistema numérico e padronizado de cores de tintas baseado em uma mistura de pigmentos para criar novos tons. As possibilidades são praticamente infinitas: até o momento, a escala conta com 1.887 cores, e esse número deve aumentar ainda mais.

Fachada do Hotel Pantone. Partiu?

Rumo à dominação mundial

Mas a Pantone não se limita a processos gráficos. Desde os anos 2000, a marca se reinventa e se envolve com as mais diversas estratégias de marketing e (re)branding: a Pantone elege a “Cor do Ano” — o tom que dominará o design e as passarelas nos próximos 365 dias -, disponibiliza teclados para iOS, constrói hotéis e cafés, lança linhas de maquiagem em parceria com grandes marcas e desenvolve cores baseadas em personagens da cultura pop.

Quero tudo.

A expansão não para aí: a gigante se mantém atualizada e relevante utilizando seus perfis nas redes sociais com inteligência, e cerca de 15% dos negócios da marca resultam de produtos licenciados, como canecas, malas, chaleiras… Em 2012, a Pantone lançou até uma paleta de tons de pele!

Alguns países aprovaram leis que exigem que as cores usadas em suas bandeiras sejam específicas da Pantone, como o Canadá, a Coreia do Sul e a Escócia. Nada mal para a empresa que começou como uma pequena fabricante de cartões de cores para companhias de cosméticos!

Até o cardápio do Pantone Cafe é bonito (e, naturalmente, separado por cores)!

A Pantone quer ser vista como uma parceira da criatividade, que fica do lado dos designers como uma inspiração, e afirma que a cor “sempre foi uma parte integral de como uma cultura expressa as atitudes e emoções dos tempos”. Verdade verdadeira!

We <3 Pantone!
Like what you read? Give Theodoro von PageOne a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.