Pega um café e vem comigo.

Meu nome é Breno Freitas , tenho 20 anos e esse é meu blog pessoal, ou não. Provavelmente vai ser apenas para escrever e compartilhar algo que aprendi ou deu vontade de escrever.

Toda manhã acordo, escovo os dentes, lavo o rosto, faço um bom café e venho para o computador ou escritório/quarto o lugar onde passo a maior parte do dia quando estou em casa. Também estou começando a montar e fazer alguns exercícios físicos. Basicamente essa é a minha rotina matinal e talvez, irei falar mais sobre ela em outro post.

Sou um cara que gosta muito de café e passo a maior parte do tempo pesquisando e praticando alguns hobby’s, alguns dentro de casa outros fora.

São eles.

  • Design UI / UX e Ilustrações
  • Produção áudio visual
  • Empreendedorismo e Start Up
  • Desenvolvimento pessoal
  • Programação e desenvolvimento de aplicativos web/mobile
  • Fotografia e edição
  • Acampamento e pesca

Ultimamente tenho lido mais livros e quero continuar lendo mais, e talvez compartilhar o meu ponto de vista sobre eles, com vocês!

Desde quando terminei o meu ensino médio em 2015, minha vida funciona/funcionava como uma onda. As vezes essas ondas estavam baixas, e havia muita procrastinação, tédio, baixa autoestima, sem proatividade.

Quando as ondas estavam lá em cima, tenho criatividade, boas energias, até fico mais social e alegre com as pessoas e consigo fazer boa parte do que me proponho a fazer.

Comecei então a me perceber e tentar ficar mais presente, e uma das atitudes que estou desenvolvendo é a de criar e manter bons hábitos como; ler mais, parar de beber refrigerante, ir dormir e acordar cedo. Mas ainda sinto que estou falhando um pouco em faze-los, dia após dia.

Algumas coisas que venho lendo ultimamente se resumem nisso. Desenvolvimento pessoal, conhecer outras religiões e tentar filtrar o que me for útil delas, estudando mais sobre a cultura oriental.

Mas também, “naturalmente” procuro estudar coisas do mundo ocidental como já mostrei na lista de hobby’s. Acho que estou no meio disso tudo. Tanto é que as pessoas me perguntam se eu sou de humanas, exatas ou biológicas.

E ainda não sei responder, porque todas me atraem.

Dizem que é ruim estar em várias coisas e não escolher um só caminho para percorrer. Isso é algo que estou querendo aprender, ou descobrir. Um só caminho a percorrer, diminuir as multifuncionalidades. — Até porque não somos um canivete suíço né (sorrisos). Nem sempre eu consigo ser tão descontraído assim. Mas é algo que também estou tentando construir.

Uma coisa que li ontem, e confesso que fazem alguns dias que venho escrevendo esse post, é:

“Todo prédio, sempre começa pelo o chão.”

Essa frase me fez acordar um pouco, e começar as coisas de um jeito simples e pequeno, mas sem parar e dar o primeiro passo. Acho melhor continuar em outro post. Que tal uma apresentação sobre a publicação?

Espero que você filtre algo de bom por aqui, e que venham boas vibrações do universo para nós. Se você gostou pode recomendar para alguém clicando no coração, ou deixar seu comentário que eu gostaria muito de ler.

Até outro post!