Indicamos 6 livros sci-fi de autores publicados pela primeira vez no Brasil em 2016

A ficção científica cada vez mais ganha a atenção do mercado editorial e dos leitores no Brasil, por isso está se tornando, finalmente, mais comum que as editoras apostem em trazer novos nomes para cá ou que invistam até em mais autores nacionais do gênero. Por esse motivo, resolvi indicar seis livros que foram publicados no país e que marcam ou a estreia do autor no meio literário, ou a primeira vez que ele é publicado por aqui para te ajudar a montar a sua pilha de leitura nessas férias.

Tradutor: Petê Rissatti | Livro disponível na Amazon

Guerra do Velho foi o primeiro romance publicado de John Scalzi, lá em 2003, e vai propor um futuro em que as viagens espaciais são uma realidade, porém são poucos os planetas habitáveis disponíveis por aí, o que colocará a humanidade em guerra com diversas raças alienígenas, que também querem se expandir pela galáxia. E é nesse contexto que John Perry se voluntaria para integrar o contingente das Forças Coloniais de Defesa, para a qual você só pode se alistar quando tem mais de 75 anos.

Finalmente uma editora brasileira resolveu trazer um dos autores de sci-fi mais aclamados e comentados nos últimos dez anos no exterior; por lá, John Scalzi virou para muitos sinônimos de boas aventuras e ótimas leituras e, por cá, não foi diferente. O autor já conquistou o público brasileiro com Guerra do Velho, inclusive eu, que aguarda ansioso pela estreia da sequência Brigadas Fantasma, que será publicada pela Aleph em 2017.

Para quem quiser saber mais sobre o livro e sobre o Scalzi, indico que assistam ao Abdução abaixo, produzido pela própria editora, o nosso post com curiosidades sobre o autor (clique aqui) e acompanhe o seu blog oficial (aqui).

Tradutor: Edmundo Barreiros | Livro disponível na Amazon

A Intrínseca foi uma editora que investiu no gênero esse ano e, certamente, o livro A História da Sua Vida e Outros Contos, de Ted Chiang, foi um dos seus grandes destaques de 2016, impulsionado pela adaptação de um dos contos do livro — e que nomeia a antologia — protagonizada por Amy Adams e dirigida por Denis Villeneuve (confira nossa crítica do filme aqui).

Os oito contos reunidos aqui transbordam não só qualidade e nove premiações, incluindo o Hugo, o Locus e o Nebula, transbordam ideias originais e a sensação de desconcerto que a boa ficção científica é capaz de causar. Para quem se anima em ler mais do autor do país, não se empolgue tanto, afinal Chiang escreveu e publicou apenas 15 contos até agora.

Tradutor: Alexandre Raposo | Livro disponível na Amazon

Faca de Água, de Paolo Bacigalupi, foi uma das surpresas desse ano, afinal, era um autor do qual eu nunca tinha ouvido falar, ainda que ele já tenho ganho o Locus, o Hugo e o Nebula e sido comparado por parte da crítica estrangeira ao William Gibson. E o que ele nos entrega nesse seu sexto romance, primeiro publicado no Brasil, é uma ficção científica que brinca e extrapola um problema que já vivemos aqui, no agora.

Ambientado num castigado sudoeste norte-americano, vemos os Estados Unidos como uma nação fragmentada e em guerra por toda fonte possível de água em um mundo que vive seco, mas que não abandona nem sua mesquinhez, nem a incessante busca de lucros, conforme acompanhamos a jornada de três protagonistas: um mercenário “faca de água”, uma refugiada e uma famosa jornalista investigativa.

Tradutor: Leonardo Alves | Livro disponível na Amazon

Escrito pelo chinês Cixin Liu, O Problema dos Três Corpos foi publicado por aqui pela Suma de Letras e foi o ganhador da principal categoria do Prêmio Hugo do ano passado, a de melhor romance, sendo o primeiro autor asiático a ganhar essa honraria.

Acredito que esse é um daqueles livros que qualquer comentário muito aprofundado sobre a história pode atrapalhar na leitura, então só digo que esse romance é ficção científica de altíssimo nível, ainda que não indique para um primeiro contato com o gênero.

Tradutor: Michel Teixeira | Livro disponível na Amazon

Narrado através de entrevistas e alguns documentos, Gigantes Adormecidos, de Sylvain Neuvel, é um bom romance que vai muito além da capa bonita (aliás, parabéns pelo trabalho, Suma

). Com seus direitos de adaptação para o cinema já vendidos para a Sony, que colocou David Koepp (Jurassic Park, A Morte lhe Cai Bem) para escrever o roteiro e a dupla Josh Bratman (A Hora do Espanto) e Matt Tolmach (O Espetacular Homem-Aranha) para produzir, o livro foi indicado ao prêmio GoodReads de Melhor Ficção Científica no ano passado.

No romance, vemos uma menina de 11 anos passeando toda feliz com sua bicicleta nova, até que ela cai numa cratera que se abre aos seus pés. Só que não era uma cratera normal, na verdade a garota caiu em uma enorme mão de metal, com placas lotadas de símbolos desconhecidos em volta, e cuja datação por carbono indica que ela foi construída há três mil anos. Anos mais tarde, é a garota, agora já adulta e formada em física, que vai ser a responsável por estudar o misterioso objeto e desvendar os segredos que ele esconde.

Livro disponível na Amazon

Para encerrar essa lista, nada melhor do que uma autora nacional e uma estreia arrebatadora. As Águas-Vivas Não Sabem de Si, de Aline Valek, é uma mistura de um suspense bem contado e ficção científica para ninguém botar defeito, entremeada por belos capítulos narrados do ponto de vista de animais.

Antes de iniciar a leitura, basta saber que você acompanhará Corina em uma expedição a três mil metros de profundidade no oceano, nos arredores de uma zona hidrotermal para testar alguns trajes e buscar vida inteligente no fundo do oceano.

O ponto alto do livro não é nenhum dos vários trechos incríveis que farão você desejar um balde de marca texto ou um caminhão de post its, é a maneira como Valek te imerge na atmosfera e nos cenários do romance. Por isso, recomendo que você coloque os fones de ouvido e mergulhe no vídeo abaixo, antes de mergulhar de vez nesse universo e se questionar sobre o que as águas-vivas sabem então…

Conhece mais algum livro de ficção científica escrito por um autor nunca publicado no país? Não se esqueça de deixar sua recomendação aqui nos comentários. Ou se você já leu algum desses livros, pode comentar o que achou. Ou os dois. ;)


Não se esqueça de seguir nosso perfil no Medium, que teremos novos textos sobre literatura, por aqui, todos os dias. ;)