Portugal ressurge

Menos desemprego e déficit público. Mais crescimento e inflação baixa.

2011–14: Aumento de produtividade, mais desemprego, ajuste fiscal e redução na renda.
2014–17: Aumento de salários, expansão fiscal com queda no déficit, crescimento ressurge.

Vale uma conferida no grande destaque macroeconômico que é a redução do déficit público com a aceleração do crescimento.

Explicações completas no áudio do Podcast do Petit Journal.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Daniel Sousa’s story.