Conheça alguns tipos de plataforma de petróleo e como elas funcionam

Quando você ouve a expressão “plataforma de petróleo”, qual é a primeira coisa que vem à sua mente?

Talvez você não saiba, mas temos alguns tipos diferentes de plataformas em funcionamento.

As plataformas podem ser de perfuração, de produção (com capacidade de extração de petróleo e separação óleo, água e gás) ou uma combinação das duas funções. O início da atuação, em qualquer campo, começa pela análise das condições do ambiente para definir qual o tipo de plataforma mais adequado.

Independentemente do tipo, as plataformas são o ambiente de trabalho de milhares de profissionais, como engenheiros, mergulhadores, técnicos de várias especialidades e profissionais de hotelaria, enfermagem e segurança, entre outras áreas.

Abaixo você encontra uma rápida explicação sobre cada tipo e, clicando aqui, você consegue ver mais informações e fotos de todas elas.

Adequada ao uso de complementação seca (árvore de natal posicionada na própria plataforma com acesso direto).
Quando há necessidade de deslocamento, as pernas são movimentadas para cima, e a plataforma é rebocada ou navega com propulsão própria.
Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência — em inglês Floating, Production, Storage and Offloading
Unidades de perfuração têm o seu posicionamento assistido por propulsores instalado no casco (sistema de posicionamento dinâmico), enquanto em unidades de produção de petróleo, utiliza-se basicamente sistemas passivos compostos por linhas de ancoragem (âncoras ou estacas, amarras, cabos de fibra ou cabos de aço etc).
Unidade flutuante usada na perfuração de poços.