Microscópio: o aparelho que enxerga o invisível

O progresso científico deve muito a essa invenção que já existe há séculos. Neste artigo, você aprenderá sobre a estrutura desse aparelho, conhecerá um pouco sobre sua história e, no final, ainda ficará sabendo como construir um microscópio com materiais encontrados facilmente no dia a dia. Boa leitura!


Como funciona um microscópio?

No infográfico abaixo, mostramos como esse instrumento revolucionário é por dentro:


Um pouco de história

Foi na cidade de Haia, na Holanda, que o homem passou a ver um universo desconhecido, o das micropartículas. Em meados de 1590, Hans Janssen e seu filho, Zacharias, combinaram duas lentes e criaram o primeiro modelo de microscópio.

Anos mais tarde, por volta de 1650, Robert Hooke, cientista inglês, aprimorou a invenção e desenvolveu o microscópio composto, com diversas lentes, aumentando a capacidade de ampliar um objeto.

A evolução do equipamento trouxe avanços significativos para diversas áreas. Em 1674, o também holandês Anton van Leeuwenhoek passou a se destacar devido às suas descobertas na área de biologia celular e microbiologia, ao conseguir enxergar bactérias e protozoários. Em 1830, os alemães Mathias Schleiden e Theodor Schwann, ao observar através das lentes microscópicas, fizeram uma descoberta que moveu completamente a ciência: todos os seres vivos, plantas e animais, são compostos por células.

Um salto importante importante na tecnologia do aparelho foi a invenção do microscópio eletrônico. Até 1933, esses equipamentos usavam a luz para formar os objetos. O olhar curioso do alemão Ernst Ruska levou à fabricação do microscópio eletrônico, que passou a utilizar feixes de elétrons para iluminar a amostra, melhorando exponencialmente a qualidade da imagem.

Os microscópios continuam sendo grandes aliados dos pesquisadores. Nessa jornada para entender o invisível, os cientistas desenvolveram equipamentos superpoderosos, como o microscópio lançado em 2015, no Japão, com resolução de 43 bilionésimos de metro. Com ele, dá até para enxergar detalhes de um átomo.


Quer aprender a fazer seu próprio microscópio?

Você pode usar materiais comuns para enxergar o mundo com outros olhos. Siga as instruções abaixo e conte-nos nos comentários como foram suas experiências!


Aproveitando o assunto, recentemente falamos do trabalho desenvolvido por Alexander Hiroshi Kasama, engenheiro de materiais e pesquisador da Petrobras na área de nanotecnologia. Conheça, aqui, um pouco mais sobre a jornada de Kasama por essa área do conhecimento.