Trindade e Martim Vaz: uma jornada pelo conhecimento no ponto mais isolado do Brasil

Nossos pesquisadores realizam trabalhos de campo nos lugares mais fantásticos em parceria com a Marinha do Brasil. Um desses locais é o Arquipélago de Trindade e Martim Vaz. Localizado a 1.200 km de Vitória (ES), no meio do Oceano Atlântico, as ilhas são o ponto mais isolado do território nacional e um dos primeiros lugares onde o Sol nasce no Brasil.

A região, com área total de 10,4 km², possui montanhas vulcânicas de uma beleza surpreendente. A mistura de cores das rochas vulcânicas cria no cenário uma sensação semelhante à de estar na superfície de Marte.

As pesquisas realizadas no arquipélago são fundamentais para a geração de informações que auxiliam no conhecimento das bacias sedimentares, onde as rochas magmáticas têm importante papel na distribuição e qualidade das jazidas de petróleo.

O pesquisador Delzio Machado Júnior já fez parte da equipe que esteve em uma expedição na Ilha de Trindade. “A experiência de viajar com a Marinha e trabalhar na Ilha de Trindade é única, sob vários aspectos. Queríamos estudar com mais detalhe um ambiente geológico de natureza vulcânica, já que cada vez mais encontramos rochas desse tipo nos poços que perfuramos nas bacias sedimentares brasileiras.”