Foto de rawpixel em Unsplash

Como ser um colaborador de Phaenomenon Essendi

Reúno aqui as ideias centrais do projeto PhaEss e o que pensei para organizar os artigos e selecionar os colaboradores; lembrando que o projeto é sem fins lucrativos, ou seja, não será pago aos autores para escreverem. Além disso, é um projeto sem vínculos acadêmicos, a proposta é uma escrita livre e guiada pela premissa: “ quem tira diretamente da própria cabeça a matéria do que escreve é digno de ser lido” (Ref. 1); pelos temas centrais: Fenomenologia, Fenomenologia Existencial, Existencialismo e Psicologia Fenomenológica Existencial; e pelo objetivo: Incentivar a escrita e gerar uma rede de saber, de autoconhecimento, de estudo e de cuidado que possa alcançar o máximo de pessoas possível.

Ref. 1 — Schopenhauer em A Arte de Escrever.

Graças aos três mil seguidores da minha página Fenomenologia Existencial, este projeto está tomando forma e para ser um colaborador deste projeto é necessário estar envolvido aos temas centrais, à premissa e ao objetivo.

Perfil dos colaboradores

Os leitores assíduos, os profissionais de Psicologia/Filosofia ou estudantes dos temas centrais são os perfis mais indicados para colaborarem neste projeto, isso, pois, quero angariar conteúdo centrado, principalmente baseado em pensamento crítico, profundo e analítico; que possa mesclar ideias complexas com vivências próprias e questionamentos que proporcionem novas perspectivas acerca da existência humana.

OBS. Qualquer pessoa, de qualquer profissão, de qualquer idade, pode participar, desde que goste e estude os temas centrais. Ao mencionar profissionais específicos, quis apenas enfatizar a temática, mas fui infeliz na tentativa e deixo aqui a observação de que qualquer pessoa pode participar, basta gostar e escrever sobre os temas centrais. Agradeço à Deni Maliska por ter questionado, possibilitando um melhor esclarecimento sobre o Perfil dos Colaboradores.

Como participar

  • É preciso fazer uma conta no Medium para escrever à PhaEss. Escolhi o Medium, pois, é uma plataforma muito bem desenvolvida para unir conhecimento; ela proporciona uma leitura limpa e livre de propagandas, isso é crucial quando se trata de leitura profunda visando conhecimento e pensamento.
  • É preciso escrever um texto, pois, a seleção dos colaboradores será feita a partir disso, ou seja, se você desejar participar de PhaEss, precisará me enviar um texto original seu e baseado nos temas centrais para que eu possa entender sua escrita, suas ideias e o seu envolvimento com a premissa e o objetivo do projeto.
  • É preciso seguir a página Fenomenologia Existencial, pois a divulgação semanal será feita por lá e seu texto será divulgado lá. Há sempre um retorno dos seguidores ao conteúdo publicado e eu quero que esse envolvimento cresça cada vez mais, por isso, quanto mais pessoas seguirem a página, mais leituras teremos para nossos artigos publicados aqui.

Como se dará a seleção

De modo bem simples; você, interessado em participar, escreverá um texto baseado nos temas centrais e na premissa de PhaEss, você terá seus próprios objetivos na escrita do artigo, mas um deles deve ser igual ao objetivo do projeto, ou seja, gerar conhecimento, autoconhecimento, uma rede de saber, estudo e cuidado. Eu lerei o seu texto e em seguida te direi minhas percepções; trocaremos uma ideia e a partir disso você já será um Colaborador.

Como enviar o texto

1. Faça uma conta no Medium.

2. No final desta publicação, clique no balão de comentários e publique uma mensagem dizendo que está interessado em colaborar.

3. Em seguida aguarde, pois eu te colocarei como escritor de Phaenomenon Essendi. Assim que isso ocorrer, eu responderei sua mensagem e você poderá me enviar o seu artigo por meio do Rascunho (Drafts).

Acesse esse tutorial para aprender a enviar artigo-rascunho.

4. Eu lerei o artigo e farei comentários a respeito; em suas notificações no perfil do Medium você terá acesso a esses comentários.

5. Se tudo der certo, você já se tornará um colaborador oficial e seu primeiro texto será programado para ser publicado.

O que é CRUCIAL TER nos artigos

  • Coloque no seu artigo referências para leitura. Ainda que seu conteúdo seja original, é importante incentivar as pessoas a lerem outros artigos, pois, isso faz parte do objetivo de PhaEss.
  • Nunca copie algo sem dar os créditos do autor; é ético valorizar o pensamento e as obras das pessoas. Creditá-las é incentivá-las a continuar gerando conhecimento.
  • Todo artigo deve conter pelo menos uma imagem; escolha uma boa ilustração para seu artigo, isso proporciona mais leituras, pois uma imagem sempre atrai mais pessoas. E, claro, lembre-se de colocar imagens que têm vínculos com as ideias principais de seu artigo. Sempre coloque a referência da imagem, o artista que a fotografou (ou o pintor, desenhista, etc.).
  • Tenha sempre empatia e compreensão.

O que PODER TER nos artigos

  • Você pode escrever sobre qualquer coisa, inclusive baseando-se em outras Filosofias, como o Humanismo, ou a Psicanálise ou até mesmo Teosofias, desde que o objetivo seja falar da Existência e do Fenômeno Ser e isso significa que patologizar a subjetividade ou promover uma taxionomia segregatória está fora de questão. Não estamos aqui para dizer que a loucura é uma doença do CID 10, estamos aqui para discorrer o que é a loucura para o fenômeno de Ser do ser humano, para a existencialidade. Não estamos aqui para dizer o que é pecado, estamos aqui para discorrer sobre o peso do existir na subjetividade humana co-existente.
  • Você pode citar-se a si mesmo; sim, caso você já esteja publicando com regularidade em PhaEss ou tenha artigos publicados em outros lugares, você pode fazer referência aos seus pensamentos, correlacionando-os e proporcionando assim dicas de outras leituras que facilitarão a compreensão de seu raciocínio.

O que é importante NÃO ter nos artigos

  • Jamais escreva conteúdo discriminatório e preconceituoso. Não use a palavra “homens” para se referir à toda a humanidade que é feita de homens e mulheres. Isso pode parecer “chatice do politicamente correto”, no entanto, isso faz parte do que mencionei sobre o cuidado. Estamos em uma fase em que a sociedade está aprendendo a lidar com as diferenças e é preciso respeitar essa fase, pois, somente depois de aprendermos a lidar com isso é que poderemos ajustar e equilibrar a intensidade desta questão. O “politicamente correto” pode parecer chato, mas sem isso não conseguiremos aprender o valor do respeito.

Como será feita a publicação e divulgação dos artigos

Eu publicarei um artigo por dia e um autor por semana enquanto houver menos de sete Colaboradores. Ou seja, se tivermos dois Colaboradores regulares, eles terão, toda semana, um artigo publicado em PhaEss. Se tivermos 8 ou mais Colaboradores, o número de artigos publicados por dia aumentará. Isso também vai depender de quanto os Colaboradores escrevem, se escrevem um artigo por semana ou um artigo por mês.

Os colaboradores devem escrever pelo menos um artigo por mês, caso contrário não poderão continuar fazendo parte do projeto, pois não poderão ser Colaboradores se não colaborarem.

A divulgação do artigo publicado será de responsabilidade do autor e minha, pois publicarei na página Fenomenologia Existencial e também em grupos de Filosofia e Psicologia que faço parte no Facebook. Sempre que eu publicar um artigo, este será imediatamente divulgado na página Fenomenologia Existencial e, durante a semana, divulgado nos grupos.


É importante que, após ser oficialmente aceito como Colaborador, você dedique um tempo para ler e participar do que os outros Colaboradores estão escrevendo. Dar “claps” nos artigos (os “claps” são diferentes do “like”, eles vão de 1 à 50 e significam por quanto tempo que aquele texto merece ser aplaudido), fazer comentários e compartilhar é uma maneira de ajudar o projeto a crescer mais até alcançar proporções (inter)nacionais.

Qualquer dúvida ou sugestão, sinta-se à vontade para falar diretamente comigo. Eu administrarei a PhaEss assim como administro a página Fenomenologia Existencial; caso você queira ajudar na administração de ambas ou de alguma delas, também sinta-se à vontade para entrar em contato.

O projeto ainda é novo, está tomando suas primeiras formas, mas tenho certeza que crescerá perfeitamente bem e se tornará grande e importante. Convido você a fazer parte e a proporcionar esse crescimento junto comigo.

Aguardo seu texto!
At.te, Oanna Selten.