Uruguai terá duas marcas de erva mate composta com cannabis

Com lançamento anunciado para a primeira semana de abril, o novo chimarrão deve custar cerca de R$ 26 por quilo de erva

A erva mate não é uma bebida qualquer, é um costume milenar em diversos países da América do Sul. A erva é original da região subtropical do continente e é consumida como chá, tanto quente no caso chimarrão ou gelado no caso do tereré.

Duas marcas uruguaias de chimarrão preparam o lançamento de uma erva mate com outra: a cannabis. O lançamento deve acontecer na primeira semana de abril.

Uma das marcas é a Cosentina, que anunciou há algumas semanas que venderia um produto que mistura erva mate, de origem brasileira, com maconha, de origem uruguaia. O pacote de um quilo custar 240 pesos uruguaios na pré-venda, equivalente a cerca de R$ 26, e não estará disponível em supermercados, apenas no comércio especializado.

Erva Mate Cosentina — Foto: facebook.com/Cosentina

Os responsáveis da marca afirmam ter as permissões necessárias para realizar a venda de forma legal.

A outra marca que também anunciou a venda de um produto similar é a Yebatera Campeón que prepara a erva “Abuelita” também é composta com cannabis e deve estar à venda na primeira semana de abril. A empresa escolheu não dar declarações sobre o produto antes que esteja disponível para a venda.

Erva Abuelita — Foto: facebook.com/yerbateracampeon

Segundo a legislação vigente, a produção e venda de derivados de maconha é permitida.

Para que a produção esteja dentro das regras, o produtor deve obter a maconha de forma legal, através do registro de cultivador ou como membro de algum clube canábico.

A nova erva mate não vai dar barato em ninguém, o produto não possui efeitos psicoativos.

Segundo a médica especialista em cannabis medicinal Raquel Peyrabe, a legislação da venda de cannabis que carrega o efeito de THC ainda é muito restritiva, até a aprovação de medicamentos tem sido difícil.

A especialista ainda dá um último recado, a erva mate com composto de cannabis devem conter cânhamo, que é rico em ômega 3 e 6.

Matéria original, em espanhol, no Portal Montevideo.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Victor Santos’s story.