natural

naquela casa em meio ao nada
amou o nada
amou o tudo

tudo em você era o nada
amando tudo
tudo em mim

eu que nada amava
antes de tudo
antes da casa

tudo de dentro
passei a amar
na sua poesia

amei a ti
sem segredos
nesse silêncio

Vini Asevedo


Siga os perfumes e espinhos de Poesia Rosa