(Fico) Mudo pra te esquecer

Por NATÁLIA MARTINO e PEDRO GONTIJO

Rodei o mundo. Europa, Austrália e América.

Acabei no Brasil. Lá fora, acham ser um país de brincadeira. Só para comer, beber e dançar. Mas não é.

É diferente dos outros, ainda tem coração.

Conheci uma mulher que, como eu, precisava de força. Juntamos para um dar força ao outro.

Foi assim que começou minha segunda vida. Hoje tento adorar o que acontece um dia depois do outro.

A felicidade não é uma coisa complicada, é isso que já estou vivendo.

O Brasil, para mim, é felicidade. A oportunidade de uma segunda vida.

Da Itália não guardo nada, só memórias. Lembranças que não divido, são só minhas, privadas.

Fazem parte da minha primeira vida e ela acabou.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Nitro’s story.