Um povo sem pátria nem documentos. Somos assim, palestinos.

Temos história e um hino lindo que fala da paz que também não temos.

No Brasil, renasci. Ganhei pátria, documentos e paz.

Com o passaporte daqui, cheguei a Meca e me tornei ainda mais mulçumana.

Para os meus filhos, ensinei o essencial, que vale lá e vale cá — amor e perdão.

Fiz do Brasil a minha terra, mas na Palestina está meu povo.

Um dia vou voltar para lá.

Eu ou meus filhos.

Para descansar, em paz.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Nitro’s story.