Projeto escolar em Carmo da Mata promove poesias

Comunidade se envolve cada vez mais com a literatura e arte

Júnia Paixão, diretora da escola idealizadora.

A sensibilidade pela poesia e a vontade de transformar a realidade dos alunos através da leitura tornaram possíveis a realização do primeiro concurso literário em Carmo da Mata, no ano de 2014. A iniciativa que aproximou os alunos da literatura já teve 3 edições realizadas e propõe ao final de cada edição, a publicação de um livro intitulado “Antologia Poética”, com todos os poemas selecionados ao longo do período do concurso.

O número de inscrições tem aumentado a cada ano. Algumas delas chegaram a ser feitas por pessoas de fora da comunidade escolar, demonstrando o potencial do projeto em cumprir seus objetivos principais, que são a formação pessoal, a expressão de conhecimentos e sentimentos, encorajamento dos jovens, valorização de seus talentos como ferramenta de mudança de suas realidades, a produção de literatura e eventos culturais de qualidade, e a promoção do acesso à escola para toda a comunidade.

Júnia Paixão é diretora da Escola Estadual Joaquim Afonso Rodrigues, com formação em Biologia e comenta ter a poesia como a menina de seus olhos. Em entrevista, Júnia comemora o sucesso e faz menção também ao idealizador do projeto, o professor Robinho, hoje falecido.

“A noite de autógrafos, a organização do sarau, a exposição de vários tipos de arte presentes na escola fazem com que cada aluno se sinta especial, e parte do evento. São revelados novos talentos e tanto os alunos quanto os professores percebem que os maiores objetivos do projeto são alcançados com a leitura: que é empoderar e libertar”, pontua Júnia.

Além do concurso e da publicação da obra Antologia Poética, o projeto Poetizar também disponibiliza ambientes de leitura dentro da escola, promove recitais de poesia e música, incentiva a participação do grupo de Sarau em eventos locais e realiza campanhas de doações de livros.