Cage the Elephant | Tell me I’m Pretty (2015)

Após receber o Grammy de Best Rock Album em 2017, resolvi dar uma atenção especial ao album do Cage de Elephant: Tell me I’m Pretty.

Estou meio saturado da fase atual do Indie Rock. É muita porcaria ouvida até encontrar algo bom. Não foi esse o caso com Tell me I’m Pretty — Yes, you are… Escutei hoje pela manhã o album inteiro pela primeira vez. Surpreendentemente bom. Algo de Arctic Monkeys nos vocais. E com bastante violão (Ah, como eu gosto do bom e velho violão). Conseguiram fazer mais uma vez uma mistura excelente da loucura do indie rock atual com melodias assoviáveis.

Seguido me pego pensando como as músicas que ouço foram originadas. Às vezes, a origem foi claramente um riff de guitarra que foi seguido pelo resto da banda. Às vezes, é um trecho de melodia que foi explorado até virar uma música. Neste caso, grande parte das músicas parecem ter sido originadas na forma clássica do rock melódico: uma harmonia de violão criada em um sofá.

Adicionado à Library, o álbum merece mais digestão. Mas, pela minha primeira impressão, o Grammy não foi tão injusto.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Rafa Azeredo’s story.