Construindo valor durante todo o ciclo de vida de um produto/serviço

Nesse texto eu queria começar falando de produtos e serviços, especificamente sobre ciclo de vida de produtos e serviços, então comecei a refletir o que eu poderia escrever que saísse do lugar comum do que já foi dito anteriormente. Então eu dei um google e vi basicamente gráficos com ciclos de vida de produtos.

Mas ironicamente eram gráficos, e não ciclos, ou seja, todos usavam a premissa que o serviço tem um ponto de declínio. Na minha concepção, como designer de produtos, nosso trabalho é fazer com que isso não aconteça, correto? Então eu comecei a me perguntar o que é core dentro de todos esses processos que todo mundo fala, que faz com que isso não aconteça?

Para isso nós temos que recorrer a uma análise do nosso consumidor moderno, uma abordagem centrada em marketing primeiramente, na minha opinião, e não em design, não estamos falando de usuários mas de mercado de consumo, correto? São coisas diferentes, necessidades de uso e necessidades extrínsecas a isso que levam ao consumo e que fazem esse produto não cair em desuso.

Quando analisamos todo o ciclo de vida de um produto, qual o fator chave que está presente em todo ele? O valor que a empresa entrega e o usuário enxerga no produto/serviço. O valor pode ir desde uma experiência fascinante, remeter ao pertencimento de um grupo, ou mesmo apenas à posse e status do mesmo. Então, na minha opinião, o que decreta o sucesso do seu produto/serviço é entender o valor que ele deve entregar de acordo com o ciclo de uso do seu consumidor, assim ele sempre será relevante e nunca cairá em desuso.

“O relacionamento entre marcas e consumidores não deveria mais ser vertical, e sim horizontal. Os consumidores deveriam ser considerados colegas e amigos da marca. E a marca deveria revelar seu caráter autêntico e se honesta sobre seu verdadeiro valor. Somente então ela será confiável.”
Marketing 4.0 — Do tradicional ao Digital

Aí entra o Design Thinking como filosofia, cada vez mais as pessoas buscam significados e laços através de tudo que as rodeia. Cada vez mais as imagens de propagandas de marketing não se encaixam no que o consumidor busca, ele busca um sentimento de pertencimento, que além de estar utilizando do que consome, também está contribuindo para algo maior em algum nível.

(…)Pesquisas recentes em diferentes setores mostram que a maioria dos consumidores acredita mais no fator social(amigos, família, seguidores do Facebook e Twitter) do que nas comunicações de marketing. A maioria pede conselhos a estranhos nas mídias sociais e confia neles mais do que nas opiniões advindas da publicidade e especialistas.”
Marketing 4.0 — Do tradicional ao Digital

Assim para seu produto ser um sucesso sempre é necessária uma abordagem que agregue valor em todos os níveis possíveis, e isso só é conseguido através de múltiplas especialidades, que vão desde o nível técnico, passando pelo marketing tradicional, às mídias sociais e claro, ao design.

O consumidor/usuário se pauta por uma série de decisões que se dão em variados contextos: locais públicos, mídias sociais, dentro do seu carro escutando uma rádio, em uma conversa descontraída, etc. Somos bombardeados e recebemos vários estímulos sinestésicos sem ao menos percebermos.

(…)Pesquisas recentes em diferentes setores mostram que a maioria dos consumidores acredita mais no fator social(amigos, família, seguidores do Facebook e Twitter) do que nas comunicações de marketing. 
A maioria pede conselhos a estranhos nas mídias sociais e confia neles mais 
do que nas opiniões advindas da publicidade e especialistas.”

Marketing 4.0 — Do tradicional ao Digital

Assim, são necessárias uma revisão constante das necessidades e do entendimento desses consumidores/usuários em sua jornada diária de vida e a relação com o uso que o produto têm ao longo dessa, ao fazer isso, revisitar constantemente essa relação, você garante que o produto/serviço está sempre entregando ou irá detectar erros e corrigi-los, quem sabe redirecionando seu público, mudando a abordagem, etc.

A mensagem é que ciclo de vida de produto, é como o nome diz, um ciclo de vida, a meta ao realizar esse trabalho é fazer com que seja um ciclo, ou seja, que nunca termine e nunca tenha um período de declínio, mesmo que para isso seja necessário re-significar seu produto/serviço ou mudar seu público. Mas você só irá detectar o problema se partir dessa premissa.