51 pode não ser uma boa ideia

Pois é, fiz aniversário em maio e fui demitido em junho.

Startups

Nos últimos anos trabalhei somente em startups, sendo que nas últimas três com desenvolvimento de aplicativos para viagens, games e segurança, respectivamente. Apesar das especificidades dos produtos, eles tinham muito em comum, principalmente no que diz respeito à cultura das empresas, ritmo frenético de trabalho, aprendizado e grandes desafios de crescimento. Startups são a melhor escola para aprender sobre produtos digitais.

Além do ritmo eletrizante, outra garantia desse mundo é que tudo pode mudar de uma hora para outra, por isso, deve-se estar bem preparado para as constantes “pivotadas” na estratégia, produto e na estrutura da empresa. De um dia para o outro pode crescer e demandar uma grande quantidade de contratações, mas como uma montanha russa, pode parar de crescer e/ou resolver mudar de direção e ter que demitir uma grande quantidade de colaboradores de uma única vez.

E foi o que aconteceu comigo, mas apesar de conhecer bem as regras do jogo e imaginar o que estava por vir, nunca é fácil ser demitido e, de certa forma, se sentir dispensável.

Mas como tudo sempre muda, você querendo ou não, procuro encarar as mudanças como oportunidades para melhoria e crescimento. Então é vida que segue…

Oportunidades

Ao sair da empresa com as minhas traquitanas embaixo do braço, estava decidido ficar quietinho por um tempo e não procurar nada, nem ninguém. Ou seja, não correria atrás de nenhuma oportunidade de emprego, nem iria avisar aos amigos e colegas sobre a minha “disponibilidade”. Depois de passar por quatro startups seguidas sem conseguir tirar mais do que 15 dias de férias, achei que seria uma boa oportunidade para sair do circuito por alguns meses e refrescar as ideias, diminuir a lista de livros no Backlog, estudar meia dezena de temas, finalizar artigos engavetados (o primeiro saiu recentemente) e aumentar o foco nos eventos e cursos do Product Arena.

Mas a realidade foi um pouco diferente. Na mesma semana, um amigo que fiz a partir dos eventos na Livraria Cultura, perguntou se eu estaria interessado em uma oportunidade bem bacana. Pois é, não estava preparado psicologicamente para receber convites dessa natureza, e sem saber muito o que fazer/responder, acabamos marcando uma conversa.

Três dias depois, em uma roda de chope após o 12º Product Arena, um dos participantes da mesa perguntou como eu estava no trabalho? Putz, tinha decidido não falar nada para ninguém e poderia dizer que estava tudo bem, mas como minto muito mal, acabei falando sobre a demissão para um pequeno grupo de amigos e conhecidos. Foi quando outro participante do Arena disse que sua empresa estava precisando de ajuda e se eu teria interesse em ajudar… Segundo papo marcado. :)

E assim a notícia se espalhou entre alguns amigos e ex-colegas de trabalho. Resultado? Mais algumas ofertas e meu período sabático foi pro saco…

Product Arena

Product Arena UX, na Evino em São Paulo

Desde que começamos o Product Arena em agosto de 2016, tenho encontrado muitos amigos, ex-colegas de trabalho e alunos. É bom demais rever amigos e amigas, mas fiquei surpreso ao descobrir que muitos estavam desempregados há 6 meses, 1 ano ou mais. Não somente no Rio, mas também em terras paulistanas. Algo de comum entre eles? A maioria já estava acima de 40 anos de idade.

Profissionais com experiência e passagens por grandes empresas e agências, alguns com pós-graduação e até mestrado, com certificações caras de mercado como PMP, ITIL, COBIT, CSM, CSPO*, entre outras. Especialistas em marketing, comunicação, jornalismo, tecnologia , projetos, etc.

Mais variáveis em comum? No último “emprego” formal, ficaram por uma década ou mais na mesma empresa e nunca tiveram experiência com Startups.

Independente dos motivos, uma coisa é certa, estou longe de ser mais inteligente e/ou competente do que a maioria desses meus amigos, colegas e ex-alunos.

Ideia

A cada Product Arena realizado uma ideia crescia e ganhava força, mas ainda era uma hipótese em construção. Nada como ganhar um belo pé na bunda para aumentar a empatia e criar coragem para tirar o projeto do mundo da imaginação.

E assim a brincadeira ficou séria e o que começou com objetivo de movimentar o incipiente mercado de produtos, já não era suficiente. Junto com essa minha “sorte” de voltar rápido para o mercado de trabalho, veio a responsabilidade de tentar mudar essa realidade, nem que seja para uma única família, um amigo.

Agora o desafio será desconstruir esses dinossauros e juntar eles com a garotada que está voando nas Startups, mas que não têm a experiência desses jovens seniores.

Paradoxo

Apesar da crise econômica no Brasil, todos os dias surgem novas oportunidades nas diferentes áreas de produto digital, em particular no eixo Rio de Janeiro — São Paulo. Vagas para gerentes de produto, desenvolvedores, UX Designers, Agile Coach, Analista de performance e métricas, marketing digital, UX Writer, entre tantas outras vagas.

De um lado temos os experientes e competentes dinossauros que estão super disponíveis, mas que não estão alinhados com o recente mercado de produtos digitais. E do outro lado, vagas e mais vagas em aberto e empresas reclamando da falta de profissionais capacitados para preencherem as oportunidades.

Arena 40+

E assim surgiu o projeto Arena 40+, cujo objetivo inicial será reunir, ouvir, orientar e apresentar aos quarentões e quarentonas + as diferentes oportunidades na área de Produtos Digitais e do mundo das Startups.

Nosso ponta pé inicial (Mínimo Produto Viável) será composto de dois passos:

  1. PASSO: Cadastro
    Formulário para cadastro de participantes, mentores e empresas.
  2. PASSO: Encontro
    Em parceria com algumas empresas, iremos realizar os primeiros encontros presenciais no Rio de Janeiro e São Paulo. E para tentar levar a brincadeira para esse continente chamado Brasil, também vamos promover um encontro virtual.

Neste primeiro encontro iremos apresentar as novas profissões na área de produto digital e as suas respectivas sopas de letrinhas, além de promover algumas discussões e troca de experiências.

Ficou interessado no Arena 40+? Conhece alguém acima dos quarenta que possa se interessar? É um mentor ou especialista em alguma área de produto e quer ajudar? Sua empresa quer ajudar/participar?

Link de cadastro para participantes, mentores e empresas: 
http://bit.ly/Arena40

Importante: O Arena 40+ não tem fins lucrativos e nada será cobrado dos participantes.

Esse projeto tem o apoio das empresas:

Mergo User Experience | Impulso| Punk Metrics | Badaró

Like what you read? Give Horacio Soares a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.