5 dicas para otimizar a divulgação de produtos e conquistar os clientes certos

Especialista e empresário de Marketing Digital ensina segredos para otimizar as estratégias de divulgação de marcas ou produtos

foto: pexels

Com as constantes mudanças no mundo digital, é muito comum que os empresários e empreendedores tenham dúvidas o tempo todo. As perguntas mais frequentes são relacionadas a anúncios, SEO e tráfego, como explica Diego Carmona, CVO da plataforma digital leadlovers, que oferece múltiplas ferramentas de simplificação e automatização de processos fundamentais para empreender online. No entanto, o especialista conta que as informações mais básicas podem não ser suficientes, e por isso lista algumas dicas importantes com detalhes que fazem toda a diferença.

1- Otimize termos com baixa concorrência

O conteúdo otimizado é importantíssimo para atrair tráfego. Ao ter um blog, com informações de tipos variados e táticas de SEO, aumentam-se as chances de ser encontrado pelo público certo por meio do Google. Afinal, segundo o Search Engine Journal, cerca de 70% dos links clicados por usuários de busca são orgânicos. No entanto, não basta escolher apenas as palavras-chave mais comuns e que mais se encaixam para o avatar, ou seja, o cliente ideal.

“Tente ser mais criativo e aposte em termos que apresentam alto volume de buscas e baixa concorrência”, explica Carmona.

Somente assim, segundo o empresário, o site terá mais probabilidade de aparecer bem ranqueado.

“Faça uma lista dos sinônimos e variações da palavra ideal e coloque dentro do contexto”, explica, destacando a importância de não repetir uma palavra-chave infinitas vezes.

2- Use palavras-chave de cauda longa

Segundo Carmona, é importante que as palavras-chave usadas no conteúdo produzido sejam pensadas no longo prazo. Afinal, a maior parte do poder de ranqueamento de uma página está no uso correto de palavras-chave, junto com a autoridade do domínio da página. Segundo o especialista, as palavras-chave de cauda longa podem não gerar uma grande quantidade de tráfego absoluto.

“Mas elas são responsáveis pelo tráfego direcionado e geralmente possuem uma taxa de conversão em leads mais alta”, completa.

Por isso, o segredo é não utilizar apenas as palavras-chave mais buscadas pelo público, mas as expressões comuns relacionadas ao segmento, mesmo que sem grande procura.

“Quando isso acontece, o Google entende que o seu blog ou site é um destino favorável para quem busca por um determinado assunto, e isso melhora o desempenho em SEO”, ensina.

O especialista conta que existem ferramentas, como o autopreenchimento do Google, o Keyword Tool e o SEMRush que ajudam muito nisso.

3- Interaja com o público e crie promoções

Segundo Carmona, é muito importante que a interação com o público seja sempre estimulada.

“Use as redes sociais, incentive o uso do espaço de comentários, e busque ter o máximo de retorno da audiência”

Para criar um incentivo ainda maior, ele sugere oferecer códigos de desconto ou sortear produtos para aumentar os seguidores.

“Tente sempre beneficiar aqueles que curtirem, compartilharem ou marcarem amigos, por exemplo.”

Independentemente do que é vendido dentro do negócio, o ideal é elaborar promoções atraentes com base no balanço das vendas e no que é possível ofertar ao público que mais interage.

4- Invista em Adwords com controle total

Carmona destaca também a importância de investir em SEO.

“Investir em Adwords permite conseguir resultados mais rápidos e garante resultado significativo em tráfego”

O segredo é fazer testes e controlar o dinheiro gasto e os resultados dos anúncios o tempo todo. “Tente perceber qual anúncio tem melhor desempenho, e controle o valor máximo que você deseja gastar”, sugere, destacando a importância de alterar a campanha para maximizar o retorno sobre o investimento.

“Além disso, você pode configurar o orçamento para CPC — Custo por Clique, ou seja, você só paga se alguém clicar no anúncio”.

5- Automatize o funil de vendas

Uma das coisas mais importantes para qualquer negócio digital ou qualquer empreendimento que tenha investimento em marketing digital é utilizar um funil de vendas. O especialista conta que é possível obter o e-mail das pessoas como contato — o chamado lead — para manter contato com ele e, assim, criar um relacionamento da marca.

“O e-mail não morreu, e continua funcionando muito bem como canal de comunicação direta”

A integração do e-mail com aplicativos e outras ferramentas dos smartphones ajudou-os a retomarem mais força. A criação do funil permite que cada contato seja colocado em um estágio diferente, conforme a situação dele: alguém que já comprou, que ainda é só um interessado, etc.

“E os e-mails precisam ter apenas o conteúdo específico daquele estágio do funil, pois a premissa básica da comunicação por e-mail é entregar a mensagem certa para as pessoas certas”.

O que Carmona explica que é que, para isso funcionar plenamente, é necessário automatizar o envio de e-mails.

“Quem só baixou um e-book ou deu o e-mail no site talvez não esteja pronto para comprar seu produto, por isso você precisa oferecer informações em vez de tentar vender”, exemplifica.

Como isso é praticamente impossível de ser feito manualmente, é preciso ter um processo automático, como explica Carmona, que tem esse objetivo com o leadlovers.

“Além de criar páginas de captura e automatizar funil, oferecemos cursos e informações importantes para todos os tipos de empreendedores que querem ter resultados online”.