Meu reino era ele

Meu reino era ele

Eu estive aqui enquanto as horas pareciam segundos, caminhei em direção ao passado para me encontrar no presente. Disse que o tempo não era meu amigo, e quando foi, apenas sobrevivi dentro da tempestade que criei.

Assumimos novas direções, esqueci que o meu reino era ele e que tudo agora é apenas poeira do que foi. Abandonei a coroa nesse momento, andei por tudo procurando em mim aquela liberdade selvagem que engolia todos os dias, antes de descobrir que só o amor me nutria.

Não havia mais felicidade no olhar dele, assumi um trono que não era mais meu. Agora, seguimos por nossas florestas encantadas, entre anjos e serpentes, dentro do frio e do fogo, do lúdico e do real para provar para nós mesmos que a felicidade está dentro do que somos.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Ranieri Trecha’s story.