[Guia das Profissões Secretamente Incríveis]

O sonho da criança de hoje é ser youtuber, jogadora profissional de LOLzinho, tagger da Netflix ou qualquer outra carreira aspiracional com bastante exposição midiática. Até ai tudo bem. Na minha época, ser astronauta, jogador de futebol e ator pornô também tinham certo apelo aos sonho da inocência pueril.

O problema é que sonhos não se realizam.

Porque não pensar logo no plano B? Assim nasce o…

Guia das Profissões Secretamente Incríveis.

Episódio de hoje: Porteiro Noturno

Nesse episódio: desvende as raízes feudais dessa profissão, entenda como o não fazer nada pode ser difícil e tire vantagem do seu ciclo de sono fodido.

Origem.

A Wikipédia não possui um artigo sobre. O que não me impede de contar uma história baseada na minha imaginação sobre a história.

outra tradição surgida na idade média: a centopéia-humana

Tudo começou na Europa feudal do século IX, onde aglomeravam-se comunidades protegidas por muralhas de pedra e estruturava-se uma sociedade de castas. Os grupos detentores de poder controlavam, do alto de seus castelos, à massa de vassalos trabalhadores braçais.

Poucos sabem, mas nesse período uma das castas de maior privilégio foi a chamada Patrulha da Noite, cuja função era proteger o reino dos perigos que sondavam seu exterior e também separar a correspondência via corvos*. Seu poder só se equiparava ao Clero e aos Cavaleiros que dizem Ni.

Funções.

Cá estamos nós, um milênio mais tarde, redescobrindo os peculiares prazeres dessa profissão abençoada por Sandman. Velar o sono e garantir a incólume comodidade de pessoas com as quais você não se importa. O sonho americano.

A parte mais desafiadora dessa digníssima função ainda é o não fazer nada. Explico: para algumas pessoas, manter-se por longos períodos sem estímulos constantes pode ser complicado. Serão noites tendo como companhia a espera sem fim de que algo aconteça. Se você nem consegue ouvir áudio no whatsapp por que falta um visual para distrair os olhos, esse emprego pode não ser para você.

já comentei como hipsters são perfeitos para o trabalho?

Em uma noite em que nada acontece, o porteiro noturno até pode se distrair com um audiobook, desenvolver um hobbie ou planejar o freelancer que pegou no contra-turno, desde que esteja alerta para eventualmente abrir o portão para aquele condômino que chegou da balada depois de dirigir alcoolizado na madrugada.

Evitar o contato humano, enquanto vira a noite com a atenção dividida entre a vida dos outros e projetos pessoais fracassados? Não sei quanto a vocês, mas isso pra mim é terça-feira.

Perguntas Frequentes.

Tenho que atender exigências?

Claro. Porteiro noturno não é bagunça. Faça um curso. Seja legal com pessoas. Aprende a trocar um disjuntor ou algo assim.

Por que noturno?

Deixa o contra-turno livre* para outros projetos, dá menos trabalho* e recebe adicional noturno*.

Não é perigoso?

Se alguém invade um condomínio é para roubar o dinheiro dos moradores, não o seu que você nem tem. Inclusive, continuará não tendo desempregado.

Então, paga bem?

Paga mais que o desemprego.

Não vou dormir?

Sabe o que também tira seu sono? Exatamente, o desemprego.

Essas adaptação que não respeitam a história real é foda.

No próximo episódio: entenda o complicado plano de carreira para Vice-Presidente Decorativo, nossa próxima Profissão Secretamente Incrível.

Até lá, você pode enviar para gabriel@gabrielp.in dicas de mais profissões para outros episódios do nosso guia.

*carece de fontes.


Se você gostou de alguma coisa aí em cima, pode clicar no ❤️ aí em baixo para mais pessoas encontrarem essa história.