12 dicas para se destacar numa vaga de emprego

O mercado de trabalho, de modo geral, está cada vez mais difícil e não sem razão. A população não para de crescer, as ofertas são menores do que se espera e, às vezes, o match não rola, não é?

Você participa de N processos seletivos, mas não recebe a tão esperada ligação ou aquele e-mail que lhe escolhe como o candidato ideal para preencher a vaga, com isso você pira nas ideias do tipo:

“O que há de errado comigo? Por que eu nunca consigo me destacar?”

Calma, segura aí. Às vezes, pode ser que você não esteja se expressando da maneira correta. Por isso, vou te guiar com algumas dicas para você ter sucesso da próxima vez, bora lá?

1. Conhecimento nunca é demais, né?

As empresas sempre estão buscando profissionais que estejam capacitados e que possuam diferenciais, a fim de agregar na empresa, seja no desenvolvimento, criatividade ou nos resultados. Por isso, é importante aprender mais. Calma, não precisa sair correndo e se matricular em todos os cursos pela frente, você pode fazê-los até online.

Dica: Sabia que existem cursos EAD? Isso mesmo, cursos a distância que emitem certificados e proporcionam conhecimento, como por exemplo: Google, FGV, USP, inclusive gratuitos, caso a grana esteja curta.

2. Seja um stalker da empresa

Antes de ir à entrevista dê uma stalkeada na empresa. Use e abuse do LinkedIn, pois lá você descobre todas as ações da organização e fica por dentro do clima, missão, valores, mercado que ela atua e os setores ou produtos em que ela mais se destaca. De quebra, você pode acabar conhecendo as pessoas como, por exemplo, os recrutadores e até mesmo o próprio CEO da companhia. Isso vai lhe proporcionar facilidade em perguntas do tipo: "Por que eu devo te contratar?" Pense nisso!

Dica: Veja a vaga como um “crush”, estude a vida dele e tenha os mesmos papos, isso vai te ajudar no encontro e terá assuntos afins.

3. Roupa, keep calm!

Deixamos essa dica para depois propositalmente, sabe por quê? Muitos dizem: Evite roupas curtas ou decotadas, prefira calça jeans e uma blusa social, dependendo do padrão da empresa opte por calça e blusa social, bem isso, não é? Mas se você colocou em prática a dica anterior de forma correta e completa, vai ver que depende muito da empresa. Pense bem, e se você fizer uma entrevista numa Startup descolada e fora da curva como, por exemplo, a Quero Educação ou até mesmo o Google? Pois a política é: NO DRESS CODE! Ou seja, não há uma regra, logo, você pode ir com a roupa que se sentir à vontade. Com isso, você estará falando a mesma língua da empresa e já ganha um ponto. Lembre-se do "crush", você já sabe de tudo o que ele gosta.

4. Seja notado

Conhecendo as principais e imprescindíveis informações sobre a empresa fica fácil se destacar. O entrevistador perceberá que você foi um ótimo stalker, isso mostra parte do interesse que você tem pela organização e, com certeza, terá pontos sobre os demais candidatos.

5. O corpo fala

O corpo expressa muita coisa, sem dúvida. Às vezes, durante uma entrevista de emprego, você se sente inquieto e nervoso, porém, procure manter-se numa posição estável. Deixe sua coluna reta, não mexa as pernas, dedos, caneta, e o que tiver de mania, pois isso revela ansiedade e, dependendo do recrutador, pode achar que é um ponto negativo. Tem curiosidade no tema? Um dica é ler o livro “Desvendando os segredos da linguagem corporal”, de Allan e Bárbara Pease.

6. Menos é mais

Ao serem feitas as perguntas, seja sucinto, sem rodeios e nunca invente dados ou conhecimentos, pois isso pode voltar-se contra você, porque o entrevistador pode querer testar sua expertise, o que acontece na maioria das vezes. Então, não crie sua própria cilada e só fale o que realmente você manja, beleza?

7. Conte suas experiências

Vai chegar esse momento, se não for pelo entrevistador, vai ser por você mesmo, então fale do que você trouxe como benefícios para uma outra empresa, ou alguma situação difícil em que você proporcionou uma ideia que ajudou a empresa. Ah, outra coisa, nunca fale mal da antiga organização e, tampouco de antigos chefes, isso "queima o seu filme". Lembre-se, você está numa entrevista de emprego. Quem vai querer um funcionário que fala mal da empresa anterior?

8. Mostre ânimo

Mostre ânimo no falar. Parece bobeira, mas aqui os entrevistadores desqualificam muitos candidatos. Não seja afobado, demonstre alegria, empolgação e satisfação em poder participar do processo seletivo. Lembre-se: você está em busca do MATCH perfeito!

Dica: Assim que entrar na sala cumprimente os entrevistadores, sempre com humor e sorriso, demonstre felicidade em estar ali.

9. Por que você?

O recrutador pode te indagar por que você, entre tantos talentos, é o candidato ideal para ocupar a vaga. Aqui, você precisa ser muito verdadeiro. Veja em suas qualidades o que de melhor você tem a oferecer. É legal você linkar suas qualidades com o propósito da empresa (você já stalkeou), pois isso conta muito, até porque, qualidades muitos têm, até mesmo iguais as suas. Seja o diferente!
Dica: não use qualidades café com leite do tipo: Sou pontual, esforçado, vou bater todas as metas.

10. Tenha atitude

Demonstre iniciativa e comunicação, principalmente em dinâmicas de grupo. Interaja com os demais participantes, crie ideias estratégicas, não fique em cima do muro, pois o entrevistador pode te colocar contra a parede. Às vezes não queremos nos comprometer com os demais candidatos, mas lembre-se, você está lutando pela vaga, tenha personalidade e tome decisões rápidas.

11. Se livre da timidez

Sofre disso? É tímido? Treine bastante para não ficar de escanteio na hora da avaliação. Treine com seus pais, amigos, ursinhos etc. Vale até uma live no Facebook. Quem sabe você não fica famoso (rs). Formule perguntas e responda como se, de fato, estivesse numa entrevista de emprego. Com isso, a tendência é que você arrase!

12. Seja otimista

Não vá à entrevista de emprego com o pensamento de perdedor, não pense dessa forma! Anime-se, coloque essa cabeça para cima e tenha paciência. Pode não ter rolado o match na entrevista anterior, mas nada impede de ser nessa, tente várias vezes. Quem sabe se o seu talento não é ser insistente? Uma hora o entrevistador vai ver isso, mas não desista, nem sinta-se derrotado. Pense positivo, pois pode ser a hora do seu MATCH.

Gostou das dicas? Leia também:


Raphael Rezende @ Recrutador Ninja da Quero Educação