Concentração

Quando chove as coisas ficam mais concentradas, especialmente se for de noite. Na verdade é um intervalo pluvial específico: maior que a garoinha e menor que um “ih, tá chovendo”. Parece que menos gente sai na rua e quem já saiu se aglomera nos lugares. Fica um monte de montinhos de pessoas ao invés de tudo espalhado. Os barulhos se concentram também. E nesse ajuntamento de coisas, algumas ficam mais nítidas.

Dá pra ouvir o helicóptero voando enquanto passa o ônibus e do lado a ambulância. Dá pra ouvir o músico de bar tocando o parabéns de um lado, a velha mpb do outro. O bando de estudantes tomando dois bares num cruzamento pós-peruada. Seria tudo assim também sem chuva. Mas com ela cada barulho, cada cena, parece que fica num lugar próprio.

O ônibus parado no ponto ilumina uma enorme névoa alaranjada que cheira a churrasquinho e milho cozido — cada carrinho produzindo sua enorme nuvem ao lado do ponto lotado. Mais adiante a fotogênica barraquinha de hot dog no meio da praça com serpentinas de luz rodeando as lousinhas que indicam os produtos. Um cenário distópico da gastronomia popular.

O pequeno cerco policial na rua parece mais casual, mas mais evidente. Pouca gente passa ao redor das três viaturas que cercam com cones um naco da calçada e da avenida. Um homem algemado, outro sendo revistado. Uma policial portando casualmente uma metralhadora como se segurasse um leve guarda-chuva.

Depois que a chuva para e tudo se espalha de novo, fica mais difícil de notar coisas como a moça correndo desesperada pra pegar o circular, voltando sem sucesso pro ponto enquanto fala sozinha meio que justificando a própria corrida. Fica tudo uma bagunça de novo. Tem que se concentrar mais pra achar algumas coisas. Mas não na rua com um motel cheio de neons vermelhos logo em frente a loja de colchões Sleep House e suas lâmpadas azuis que soniferamente iluminam a calçada. Ali não passa ninguém.

Like what you read? Give por hoje nada a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.