O amor e as condicionais

Ah! Se eu pudesse te mostrar.

O fogo que queima por dentro.

O pássaro a voar pelo ar.

Entenderias esse olhar no silêncio.

*

Quem sabe se pudesses ouvir.

As palavras que saem do peito.

Poderíamos pelo caminho ir.

Rumo aos horizontes a eito.

*

Talvez se conseguisses entender.

Esse tremor que percorre o coração.

Poderíamos atravessar cada estação.

Unidos do sonho à dor, em um ser.

*

Acaso alguns outros “- Ai(s)”…

Pra que essa coleção de condicionais?

Pois no final não poderia ser diferente,

que é um olhar em meio à tanta gente?

*

[RASCUNHO]