Mar & Lua: quando design e sonhos se encontram

Design é morada de diversidade e oportunidade. E utilizar o design como meio principal para tornar o sonho de alguém realidade, não é tarefa fácil. Por isso, o Red Potion conversou com Luana Nascimento, do Mar & Lua Design.

Breve Biografia

Luana Nascimento é técnica em Publicidade e Propaganda e graduada em Marketing. Criou a empresa de papelaria personalizada para festas Mar & Lua. Seu modelo de negócio possui o objetivo de suprir a necessidade de algo único, personalizado. Unir design e papelaria lúdica para tornar mágico, os momentos mais importantes da vida de seus clientes. Luana também criou o blog “Festa na Lua”, para compartilhar dicas, indicações de fornecedores, inspirações e tendências.

Luana Nascimento
Luana Nascimento

Luana, obrigada por conceder a entrevista e por nos contar um pouco sobre seu modelo de negócio. De onde veio essa paixão? Existe alguma história por trás do interesse por papelaria personalizada e festas?

Eu sempre fui apaixonada por festas, bagunça e por decorar coisas. Desde o mais simples até o mais sofisticado. Lembro que o melhor trabalho de escola eram as maquetes. Eu e meu pai passávamos horas fazendo a maquete perfeita, cheia de detalhes. Acabei juntando os detalhes com festas e criando coisas particulares que agradaram as pessoas ao meu redor.

Arquivo pessoal

Como nasceu o Mar & Lua?

Por gostar muito de festa e trabalhos manuais, meus amigos e familiares me chamavam para ajudar, dar ideias, fazer a papelaria. Eu sempre fiz com muito amor para ajudar as pessoas. Então, no aniversário do meu afilhado de 1 ano, eu parei para pensar que podia fazer o que já fazia, agora profissionalmente. Por não ter capital para investir em decoração de festas, por exemplo, decidi seguir um caminho que podia alcançar, que é a papelaria. Então investi em materiais para este seguimento e criei o Mar & Lua.

Arquivo pessoal

Qual o diferencial do Mar & Lua no mercado?

O Mar & Lua veio com o intuito de tornar ainda mais especial um dia que por si só já é especial. Trazendo algo personalizado, com a cara da pessoa. E para tornar a papelaria algo tão único, é necessário conhecer muito bem seu cliente. Hoje, o maior diferencial do Mar & Lua no mercado é o relacionamento que a marca estabelece com seu público. É uma marca que visa se tornar amigona de todo cliente que passa por ela. E quando eu digo amigona é amigona mesmo. Eu por exemplo ficaria super feliz se fosse convidada para cada casamento que eu faço haha.

Mar & Lua. Fotografia: los padrinos fotografia

Mar & Lua une criatividade, design e papelaria de forma que cada item que compõe o conceito se torne único, divertido e faça diferença para o contexto geral. Como funciona o processo de criação de uma festa produzida por vocês?

Em primeiro lugar, tentamos pegar todas as características do cliente, e para isto, é fundamental um relacionamento de confiança. Procuro entender os gostos do cliente e deixá-lo bastante ativo em toda a criação. Assim, ele pode dar seu feedback enquanto a peça está sendo realizada. Por fim, envio para o cliente, para que o mesmo valide a prova e assim comece a produção.

Arquivo pessoal

A empresa não produz apenas festas. Está incumbida de tornar o momento de seus clientes algo inesquecível e mágico. Como lida com essa responsabilidade de tornar realidade todas as ideias e expectativas de seus clientes?

É uma responsabilidade que vai além de mim, e eu me decepciono muito quando deixo passar algum detalhe ou quando não me sinto segura da entrega de uma arte. Acredito que a única coisa que rege e me ajuda a lidar com essa responsabilidade, é a minha paixão por este mundo festivo. É querer me aperfeiçoar cada vez mais para trazer mais conteúdo e atualidade para os meus trabalhos.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Em todas as festas que já produziu, há alguma história ou fato que acredita que ficará para sempre em sua memória?

Com certeza uma história que me marcou muito foi a do casamento de amigos que foi realizado por nós, amigos do casal. Eles estavam sem dinheiro pra fazer uma festa, então optaram apenas pelo casamento no civil. Vendo isso, nós achamos que seria uma boa ideia fazer uma festa para eternizar esse momento importante deles, então preparamos tudo com muito carinho, no formato de um picnic. Todo mundo ajudou a construir esta festa e contamos para eles com 1 mês de antecedência do casamento, para a noiva fazer o vestido. Tudo foi bancado pelos amigos e você pode ver mais detalhes dessa história lá no blog.

Mar & Lua. Yasmin & Raul, fotografia de Jansen Araújo

O Mar & Lua é consciente no reaproveitamento de materiais. Coisas que nós acreditamos que seria descartável ou inusual, vocês agregam ao projeto a fim de criar um mundo repleto de design e criatividade. Sustentabilidade faz parte do seu modelo de negócio?

Procuro utilizar o máximo dos meus materiais. Ainda que na papelaria isto seja um pouco mais difícil, tento reaproveitar todo o material afim de não desperdiçar, nem que seja para rascunhos ou para teste de novos produtos. Nas decorações de festa, o reaproveitamento de materiais é ainda melhor exercitado. Minhas decorações se baseiam bastante em materiais que não tinham mais utilidade ou na transformação de materiais que não foram inicialmente projetados para esta função, como a utilização de caixotes de feira, paletes, vidros de azeite, copos e pratos, tornando-os suporte de doces, potes de conserva, etc.

Mar & Lua. Fotografia: Yasmin Toledo

Luana, sei que sofre de ansiedade. Isso influencia de alguma forma em seu trabalho?

Influencia muito, de verdade. Nós que trabalhamos com a criatividade estamos sujeitos ao “bloqueio de criação”. Existem dias que simplesmente não funciona nada do que você planejou. Eu por outro lado, estou sujeita tanto a este bloqueio, como também às crises de ansiedade. Faço tratamento, porém não estou totalmente protegida de que um dia tenha uma crise de ansiedade e não consiga entregar meu trabalho. Às vezes chega até ser engraçado, mas coisinhas mínimas como: a impressora não puxou o papel e eu preciso colocar novamente para imprimir, me deixa mais estressada por ter ansiedade do que alguém que não sofre disto. Eu, graças a Deus, trabalho com uma pessoa que me ajuda muito nesses momentos de descontrole. O Léo (namorado) me ajuda muito quando bate o desespero do “não vou conseguir entregar”. Ele sempre me traz a segurança que eu tenho e a ansiedade faz com que eu perca.

Você trabalha em outras empresas paralelamente ao Mar & Lua. Essas experiências te ajudaram a amadurecer a ideia de empreender?

Me auxiliaram tanto em questões financeiras quanto em questões de gerenciamento de equipes, comportamento do colaborador, o envolvimento do mesmo com a empresa. Dentro das empresas que trabalhei pude absorver muito conteúdo e definir o relacionamento entre empregador e empregado que quero construir no Mar & Lua.

Arquivo pessoal

Existe algum princípio que você não abre mão como profissional e pessoa?

Sinceridade. Quando pequena meu pai dizia: “Luana, você pode roubar um banco, mas conta pra mim porque eu posso te ajudar a roubar o banco, ou te mostrar o melhor caminho, mas nunca minta”. Levei isso para os meus relacionamentos com a família, amigos e trabalho. Procuro ser sincera em todos os aspetos e busco sinceridade das pessoas que se relacionam comigo também.

Mar & Lua. Fotografia: Yasmin Toledo

Nós sabemos que abrir uma empresa no Brasil requer muito jogo de cintura. O que você diria para pessoas que sentem vontade de empreender mas ainda sentem um pouco de medo?

Estude o mercado. Acredito que este seja o primeiro passo para qualquer pessoa que deseja empreender. Procure sobre o que você quer empreender e veja como ele está no mercado, quais são as outras empresas já atuantes nele e o que elas possuem de diferencial. Com isso, você poderá definir melhor seu público/nicho/mercado. É válido sempre lembrar que no começo vai ser bem difícil, na maioria das vezes é assim, mas se é o que você gosta de fazer, você não pode desistir até que esgote todas as suas chances. Por último e não menos importante, é fazer o que você ama, se for assim, você não se dará conta do tempo e esforço que teve (e tem) para colocar seu negócio em pé. Você terá força para seguir mesmo com as dificuldades e qualquer retorno será satisfatório.

Arquivo pessoal

Quais são as tendências para festas no ano de 2017?

Este ano a gente vai encontrar muita novidade de entretenimento dos convidados x festa. Com diversos postos onde o convidado poderá acessar e obter uma lembrança, comida, etc. A decoração será recheada de objetos feitos com papel e arranjos com bolas desconstruídas. Na mesa do bolo já estamos notando a diferença de modelos de mesa com tamanhos e formatos diferentes.

O rústico continua sendo tendência, e as festas temáticas agora não possuem mais classificação etária. Até chá de panela e casamento está entrando na linha temática. Isso é só um pouquinho do que você pode encontrar no blog festa na Lua.


Originalmente postado no Editoria Livre. Em 19 de Maio de 2017.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.