Por que diabos me associei à Nossa Cidade?

Resultado da pesquisa com associados em Novembro — 2018

Como vemos, quais são nossas motivações e expectativas para termos nos aproximado da Associação Nossa Cidade?

Se você é associado da Nossa Cidade e ainda não respondeu a pesquisa, clique no link abaixo:

Resultados

1 — Você sabe o que a Nossa Cidade faz?
Sim, entendo que a associação atua como uma articuladora de pequenos movimentos e atividades dos associados para empoderamento comunitário — 75%
Mais ou menos: vejo ou participo de algumas atividades, mas tenho dificuldade em articular o que a Nossa Cidade faz em palavras — 13%
Mais ou menos. Tenho uma boa idéia mas gostaria que fosse melhor articulado e comunicado — 6%
Sim, a Associaçao “somos nós”. Ela faz o que nós, associados, fazemos — 6%
Não, estou totalmente perdido. — 0%
Não, mas gosto do que acontece mesmo assim. — 0%
Não, me conta! — 0%
2 — Quais palavras na sua opinião estão mais relacionadas com o que a Nossa Cidade faz?
Conectora — 87%
Empoderadora — 67%
Articuladora — 53%
Inspiradora — 40%
Orientadora — 33%
Executora — 20%
Organizadora de eventos — 20%
Organizadora de oficinas — 13%
Financiadora — 7%
Outra — 7%
3 — Você compartilha desse propósito e se sente inspirado, motivado ou mesmo entusiasmado por ele?

Semeamos juntos o dia em que todos viverão bem, em comunidades abundantes de um planeta saudável.

Sim — 94%

Não — 6%

4 — Quão alinhado você vê a missão da Associação Nossa Cidade com suas atividades e projetos? (1 a 5)

Pontuação média 4.13

5 — Qual a probabilidade de você recomendar a Associação Nossa Cidade para um amigo? (1 a 10)

Pontuação média 8.31

PERGUNTAS ABERTAS

1 — Por que você se associou à Nossa Cidade?
Como fundador, senti a necessidade desse movimento ser construído por várias mãos, mentes e corações.
Vou conseguir contribuir com a cidade e fazer os meus projetos acalçarem locais que não imaginaria.
Eu me associei por causa das propostas encantadoras e inovadoras que a Nossa Cidade possui.
A possibilidade de criar (e ajudar) projetos que facilitem a vida dos moradores de pequenos municípios de Minas
Para fortalecer o trabalho da Associação Amanu em Jaboticatubas e, ao mesmo tempo, fortalecer o trabalho de outros grupos em outros lugares
Me associei por querer fazer parte de redes com valores em que eu partilho, para me interagir e fomentar meus projetos de trabalho.
Por ser apaixonado por ela é pelo seus habitantes. A mesma me abraçou com amor e me possibilitou construir algo dê valor para a família que construí aqui.
Fui convidado pelo Renato e coincidiu com um momento em que eu decidi dedicar parte do meu tempo às questões sociais.
Me identiquei com a proposta da Nossa Cidade.
Porque faço parte da CSA, comunidade que sustenta a agricultura, que é uma tecnologia social de empoderamento de pequenos agricultores e a NC tinha tudo a ver com esta proposta. Outro motivo que me fez continuar associado foi as pessoas que forma a NC, que são pessoas que eu tenho vontade de estar junto.
Necessidade de me aventurar e de conhecer pessoas e conteúdos diferente. Pela possibilidade de colaborar com o propósito da Associação de criar soluções coletivas para o desenvolvimento de pequenas cidades.
Pela sintonia com o que acredito, pela possibilidade de criar conexões com pessoas e ideias voltadas para o bem comum. Para criar mais sinapses positivas e me sentir mais util ao mundo.
Participo indiretamente das atividades da associação desde 2015, e em 2016, em uma dinâmica de distribuição de feijõezinho do Oasis Bananal, renato propôs que eu e nuno nos associassemos com parte dos recursos dos feijões. Achei interessante o empurrãozinho do renato, e nos associamos.
Pela rede de contatos e oportunidades; pelas novas ideias que conecta A possibilidade de contribuir com o desenvolvimento de pequenas cidades, focando no empoderamento das comunidades.
1) porque quem me deu a informação sobre Nossa Cidade foi gente legal e em que confiava. 2)porque fui muuuitooooo bem recebida por um tal de Renato, fala macia, gordinho, sabetudo, até então bonitinho (agora tá casado), e que me falou maravilhas me chamando para uma reunião de associados que aconteceria daí uns dias. 3) na reunião conheci mais um montão de gente muito bacana preocupada com o mundo a seu redor e em como melhorá-lo. 4) porque daí vieram outras atividades, mas havia em mim um mal estar que não se explicava, quando assumi a organização de uma tarefa (Chá com Saber) aqui mesmo em Belô. Foi a glória. me senti realmente útil e vi que Nossa Cidade poderia preencher o vazio de ação concreta social que me tomava por inteiro. 5) porque depois de ver um “mutirão” acontecer, penso que podemos trabalhar também aqui mesmo, na minha/nossa cidade. 6)agora continuo orque vi gentes novas aparecendo e tomando as rédeas depois que aquele tal de Renato se mudou pros USA , mas que verdadeiramente não nos deixou, pois todo dia chega um monte de mensagens, inspirações e tarefas. 7) porque um dia poderei me orgulhar de ter ajudado a construir essa Belorizonte através da minha/nossacidade.
A possibilidade de prestar um serviço a sociedade, realizando algo que gosto de fazer, e sendo remunerado por isso.
2 — Quais as suas expectativas quanto à Associação Nossa Cidade?
Esperava que as pessoas participassem ativamente da construção de reviravoltas locais, bem como da construção da associação.
Aumentar a rede de contatos.
Eu esperava poder executar algum projeto que beneficiasse a ANC e seus associados.
Entrar em contato com pessoas que realmente tem interesse em produzir e apoiar projetos relevantes para pequenas comunidades.
Que a nossa cidade pudesse articular e financiar cursos e oficinas, ou trocas, para os jovens locais. Formando consciências mais cidadãs. E também ajudar juridicamente a Amanu.
Eu esperava mais integração entre os associados, criando vinculos mais fortes.
Eu e minha esposa estamos na busca de projetos que complementam e incorporam mudanças para a comunidade. E como estamos construindo uma rede de iguais que buscam o mesmo propósito, nos associamos a vocês. Apesar de não ter contribuído com nenhum projeto ou coletivos que estão sendo abraçados pela a associação.
Minha expectativa é de que a Nossa Cidade contribua com nossos propósitos de desenvolver tecnologias sociais para uma Divinopolis mais Sustentável.
Que ela possa ajudar a CSA Nossa Horta a difundir essa tecnologia na região e em outras cidades, alcançando mais produtores e ampliando o número de consumidores de produtos agroecológicos. Além de cumprir o mesmo papel com o outras tecnologias sociais.
Que nos unissemos em um objetivo único e ate inusitado para todos. Analizando com carinho,as sugestões dos associados,idéias,objetivos e expectativas de cada um.
Que ela seja uma PONTE, uma conectora de ideias, projetos e tecnologias que possam suportar soluções de impacto e dar visibilidade às tantas iniciativas positivas que acontecem nas pequenas comunidades ou grupos que trabalham muitas vezes invisivelmente para melhorar a vida das pessoas. Que a Associação seja um ecossistema das boas praticas existentes , de pessoas construtoras de um novo jeito de viver com mais abundancia, simplicidade, colaboração e inovação.
Mais parcerias que possam virar projetos, mais captação de recursos e oportunidades de trocas com gente de fora da associação.
Me sinto satisfeita com as conexões que faço via ANC
Esperava ver mais trabalhos/iniciativas acontecendo nas pequenas cidades como público alvo primordial da ANC.
Tá tudo lá na resposta anterior .
Esperava que houvesse demandas das pequenas comunidades, onde eu poderia realizar algo exercendo minhas habilidades
3 — Em suas palavras, o que a Associação Nossa Cidade faz?
Congregamos pessoas que querem fazer reviravoltas locais e ajudamos elas a se conectarem com recursos, talentos e conhecimento dentro e fora de nossa comunidade.
Conecta pessoais para desenvolvimentos de ações com objetivo de melhorar a região que estão inseridos.
Ela conecta diversas iniciativas, de modo a promover o empoderamento comunitário.
Oferece soluções simples e descentralizadas para os problemas das cidades
Tenta articular e inspirar coletivos a viver com mais autonomia e ousadia.
Apoia iniviativas, movimentos e eventos do bem, fortalece pequenas ideias e apoia conectando pessoas e fortalecendo.
Uma encubadora e facilitadoras de processos que apoia iniciativas com inspirações genuínas a favor de melhorias contínuas do bom senso da comunidade.
Aproxima, arricula, capacita, estimula, acolhe iniciativas e potencialidades sociais. articula pessoas detentora de expertise em tecnologias sociais para que elas se unam e utilizem estas tecnologias em comunidades, onde elas se fazem necessárias.
Auxilia na união de todos que por algum motivo não conseguem se expressar quanto o que pretende fazer ou criar.
Tenta conectar pessoas e projetos, divulga muito bem as atividades realizadas por seus associados vinculadas com a causa da Associação, realiza eventos mas ainda sem uma estratégia definida, o que faz com que os eventos me pareçam um pouco soltos.
A associação funciona como um grupo para troca de informações sobre atividades e eventos. De tempos em tempos, surgem projetos mais internos, mas pelo que vejo, são poucos. Mas pra quando é pra conectar gente, e chamar para uma ação específica, vejo que o Ranato é quem tem que entrar em ação pra coisa funcionar.
Empodera comunidades e grupos vulnerabilizados
A ANC conecta pessoas com tecnologias sociais que podem contribuir para o desenvolvimento de suas comunidades.
Empodera pessoas para serem líderes em suas cidades, utilizando tecnologias sociais e respondendo as necessidades da comunidade.
Congrega um grande número de tecnólogos sociais que, eventualmente demandam apoio da Associação, e raramente são chamados para demandas de outras origens.

Se você é associado da Nossa Cidade e ainda não respondeu a pesquisa, clique no link abaixo. Sua resposta dará importante embasamento para construir uma associação melhor.

Conheça mais:

www.nossacidade.net
www.facebook.com/nossacidade.net

www.medium.com/nossacidade

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.