Viagens do século XIX

Relatos de viagem recheados de ilustrações, mapas, desenhos e fotos estão entre os destaques dos novos números da Coleção Mineiriana

Ilustração de “Lembranças de Uma Vida Feliz”, de Marianne North

Por Beatriz Goulart

Entre os dias 10 de junho e 8 de julho, em Belo Horizonte, a Fundação João Pinheiro e a livraria Ouvidor Savassi irão realizar a venda de 27 títulos da Coleção Mineiriana a preços promocionais.

Criado em 1993, o projeto editorial da Coleção, iniciativa da Fundação João Pinheiro, veio com o propósito de publicar edições atualizadas de manuscritos inéditos dos séculos XVIII, XIX e XX, obras, estudos e ensaios, traduções de textos de viajantes inéditos em português e reedições revistas de obras clássicas e de raridades bibliográficas da historiografia mineira. E assim foram publicados 42 títulos, 15 deles já esgotados.

Segundo o diretor da Fundação JP, Bernardo Novais da Mata Machado, “são obras raras, fundamentais para o conhecimento da cultura e da história de Minas Gerais, que se achavam esgotadas, e foram pouco divulgadas (porque publicadas em revistas especializadas), não traduzidas (como os relatos de viajantes estrangeiros que percorreram Minas no século XIX), bem como livros novos escritos com base em relatórios de pesquisa da própria Fundação. Entre as características da Coleção destaca-se o cuidado editorial, evidente no primoroso design gráfico, bem como no estabelecimento do texto, que inclui estudos críticos feitos por especialistas que atualizam a obra para o leitor, situando-a no seu contexto histórico-cultural”.

Ilustração de “Lembranças de Uma Vida Feliz”, de Marianne North

Um dos títulos da coleção é o encantador Ernst Hasenclever e sua viagem às províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais, que traz os relatos, desenhos e mapas elaborados pelo comerciante alemão Hasenclever durante o percurso de sua viagem da Corte do Rio de Janeiro a Minas Gerais, em 1839. Além dos estudos críticos, sobretudo a respeito das minas de ouro inglesas existentes na província, o livro traz um conjunto de correspondências trocadas pelo autor com o cientista Peter Lund.

Ainda na tradição de literatura de viagem, o livro A Canção das Palmeiras: Eugenius Warming — um jovem botânico no Brasil traz textos inéditos, fotos, mapas e desenhos do botânico dinamarquês, que viveu em Lagoa Santa, MG, entre 1863 e 1865, e trabalhou como secretário do paleontólogo Peter Lund, desenvolvendo suas próprias pesquisas sobre a vegetação brasileira, sobretudo o cerrado. Outra bela publicação é a Lembranças de uma vida feliz, de Marianne North, reunindo trechos do seu diário de viagem e apresentando 40 ilustrações e pinturas de flores e plantas da região.

O coquetel de abertura será no dia 10 de junho, das 11h às 14h, na Ouvidor Savassi — rua Fernandes Tourinho, 253.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Bravo!’s story.