Felipe e Manoel Cordeiro lançam clipe de “Tirando Barato”

Dupla lança “Combo Cordeiro”, disco que mistura ritmos da Amazônia com o eletrônico

Foto: Divulgação

Synth pop, tecnobrega, eletrônico se misturam ao carimbó, batuque, marabaixo, boi bumbá, zouk, cassicó, merengue e socca no disco novo da família Cordeiro. Pai e filho guitar heroes, Manoel e Felipe lançaram no início do mês o Combo Cordeiro, disco instrumental que se inspira nos “fundamentos dos ritmos da Amazônia” pensando em “soar como uma ‘música nova’ dentro de uma estética sonora vigente, como o eletrônico”, segundo o pai.

Manoel é também um dos principais produtores de música pop paraense desde a década de 1970 e um dos principais responsáveis pela projeção da música nortista no país. Nos anos 1980, produziu nomes como Beto Barbosa, além de ter trabalhado com Alípio Martins, Banda Carrapicho, Banda Warilou, entre diversas outras. Já Felipe tem 3 discos solo lançados — Banquete, Kitsch Pop Cult e Se Apaixone Pela Loucura do Seu Amor — e, como no nome do seu segundo disco, brinca com a mistura entre o bregas, lambadas e guitarradas e a música da vanguarda paulistana.

Para o primeiro clipe da dupla, Felipe conta que a ideia foi mexer com a memória de games oitentistas. Convidou Cristiano Pepi, italiano que mora no Rio de Janeiro e trabalha com a linguagem 8 bit. O resultado é um atari amazônico: “No fundo do game tem um igarapé que também remete a memórias afetivas e esse contraste de hi tech e hi touch, tecnologia e igarapé num só quadro”. Assista ao vídeo abaixo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Paula Carvalho’s story.