Todavia vai publicar “Eu amo Dick”

E mais: o livro sobre bastidores políticos na Bahia; Rosselini em Recife; e o novo título da trilogia “Stranger Things”

Chris Kraus

Com Diana Bezerra*

Alvo de polêmicas desde que saiu em 1997, I Love Dick, de Chris Kraus, vai ser lançado em português, pela Todavia, em junho. Adaptado como série homônima na Amazon Prime, o livro mistura ficção e realidade: casada com o professor universitário Sylvère Lotringer, Chris se interessa pelo colega acadêmico Dick e começa a escrever-lhes cartas para seduzi-lo com a ajuda do próprio marido.

Considerado um clássico feminista cult do fim dos anos 90 por uns, descrito como estúpido e pejorativo por outros, o romance, nas palavras da autora, foge de todos esses rótulos: “Eu pensei que essa história seria algo sobre como o amor pode mudar o mundo. Mas isso provavelmente é muito brega”.

Fatos reais

Os jornalistas Edson Borges e Rafael Velame lançam Palanque Offline, que tem como mote o ambiente político do interior baiano, dos anos 70 até a atualidade. São histórias que vão dos clássicos, como o debate entre José Falcão e Josué Melo, em 1996, na TV Subaé, a pautas internacionais, como a visita da ativista cubana Yoani Sánchez a Feira de Santana.

Reflexiva

Por falar na Bahia, quem deve desembarcar em Salvador é a atriz, cantora e escritora Elisa Lucinda, com seu recém-lançado segundo romance, Livro do Avesso, os Pensamentos de Edite (Editora Malê). A personagem que dá título à obra reflete sobre temas como amor, sexo, morte, medo e saudade.

Inventário

Após mais de 30 anos de carreira, o fotógrafo Fred Jordão acaba de publicar o livro Recife (Editora Cepe). São 135 imagens que documentam as interferências na paisagem urbana, desde a demolição de uma casa até a destruição de um detalhe arquitetônico ou de um pedaço de mangue. Como disse a jornalista Mariana Mesquita, é praticamente um inventário sentimental, com contrastes, riquezas e misérias da capital pernambucana.

Rosseliniano

O escritor Cícero Belmar celebra a segunda edição de Rosselini Amou a Pensão de Dona Bombom, que conta a passagem do cineasta italiano por Recife nos anos 50. Ele desejava filmar uma produção baseada no ensaio Geografia da fome, de Josué de Castro, e caiu na farra no centro da cidade.

Mãe de Eleven

Entre os lançamentos da Intrínseca está Stranger Things, Raízes do Mal, de Gwenda Bond. A poucos meses da estreia da aguardada terceira temporada na Netflix, o livro explora o passado de dois dos personagens mais enigmáticos da produção: Terry Ives, a mãe de Eleven, e o dr. Martin Brenner, o homem que separou as duas.

__________

*Toda semana, a coluna de Igor Zahir e Diana Bezerra traz bastidores do mercado editorial e novidades sobre livros de todo o Brasil. Mande sugestões para: contato@igorzahir.com