A girafa, a cultura e o seu cotovelo.

Pouca gente sabe, mas a girafa, mesmo com aquele pescoção todo, tem o mesmo número de vértebras de um rato. Seis. O que é que isso tem a ver com publicidade? Tudo. Principalmente com a área de criação. Criativo tem que ser muito bem informado. Até sobre aqueles assuntos que não interessam a ninguém. A famosa Cultura Inútil. Eu diria mais. Redatores e diretores de arte têm que ser especialistas em cultura inútil. Ela dá ótimos ganchos criativos porque normalmente traz informações inesperadas. É como ter a visão de um cavalo, de quase 360 graus, para saber, por exemplo, que o elefante é o único animal que tem 4 joelhos e que a girafa, ela de novo, é o único ser vivo que consegue lamber a própria orelha. Ah, por falar nisso, você sabia que nenhum ser humano consegue encostar a boca no próprio cotovelo? Tá tentando, né?