CASCO

A poesia

Me rasga…

Me acaba,

Me resgata

De dentro de mim.

E do rasgo

Fica o visgo,

O rastro

Da lesma

Na parede.

Do rasgo,

Resta o

Desamparo

que me faz

companhia.

Do rasgo,

Brotam

Entranhas,

Palavras

Estranhas

Em carne

Viva.

Do rasgo,

O rosto

Marcado,

Língua

Pulsante.

Do rasgo,

Fica o

Risco.

Avisto

Saída.

Do rasgo,

Verso.

Saio do

Casco

E me rasgo

Pra vida.