Coisa de homem

Todos querem um troféu,

Mas há quem o tenha merecido,

Por isso não se rouba.

E quando se perde

Aí é que vira notícia.

O valor que a rotina levou

Volta gemendo dor.

A competição importa mais que o amor.

“Coisa de homem” – analisa.

Você está certa.

A armadura do guerreiro,

Oca por dentro,

Cai no primeiro vento.