Cortina tosca

Estou aqui, desse lado, mas aqui
Vejo a luz entrar pela cortina tosca
Iluminando uma parte do canto dali
Vejo a goteira esperar o nascer do sol
O medo cair como anzol
Fisgando as lembranças que ja esqueci
Não vejo mais o que eu vi
Voando feito mosca
Nessa cortina tosca
No centro, no canto, no mais, no entanto
Um dia chorando tudo que sorri
Estou também aí, do lado de cá, mas aí.