POEMA VENDO MELHOR

Antes era mais fácil ver a chuva,

Ainda que ela fosse tímida.

Era olhar e, se chovia,

Ia ver o céu se derramar.

Agora a chuva se esconde dos meus olhos.

A vista da janela fica nublada,

“está chovendo?”,

Penso, apertando os olhos,

Tentando focar,

Desnublar a visão.

E enquanto escrevo

Entendo que sempre

Tive essa visão nublada

E que só com palavras

Ajustava meu foco.

Meu Deus!

Eu nunca soube…

Mas sempre usei óculos!