.querer não é poder.

o que eu quero?
eu quero riso 
presença leve
eu quero amor

quero um abraço 
que faça todo o resto
parecer muito alto
comparado a calma contida ali

quero uma garrafa de vinho
e talvez dormir abraçadinho
no frio cortante do mês de agosto

quero confiar de olhos vendados
quero saber de cor e salteado
todos os teus pedaços
a ponto de te achar no escuro

quero o perfume entranhado
na casa inteira
a memória constante
de que alguém te ama 
na mesma intensidade

quero de volta
nem que 
eu tenha que roubar

quero recuperar
toda esperança
e todo o amor
que do meu peito
foram roubados.