Catálogos Tipográficos levam aperfeiçoamento a acadêmicos de Design Gráfico

Ao longo do currículo curricular do curso de Design, da Faculdade Satc, são atividades diferenciadas para integrar a teoria e prática. Foi com este intuito, que é uma disciplina de edição eletrônica, realizada com quartas fases, realizamos uma produção de um catálogo tipográfico.

"Nosso objetivo principal é fazer com que todo se aperfeiçoar na base de dados de produtos, por exemplo, encontrar uma ferramenta de diagramação em formato de catálogo", relatou o professo que leciona a disciplina, Elton Gonçalves.

Ao todo, são quatro semanas de produção que abrangem como quatromodernas tipográficas tradicionais: serifadas, sem serifas, manuscritas e decorativas. "Cada aluno escolhe um tipo de trabalho e em cima disso cria associações do tema com cada variação", colocou Gonçalves. Ainda segundo ele, hoje este projeto é uma expectativa para os alunos como chegam na quarta fase. "Eles já vieram para uma realização desta iniciativa e com isso, os trabalhos saem com ainda mais qualidade", ressaltou.

A LICEA CECHELLA: "achei a experiência bem bacana, por nos fazer pensar o Design em outras amplitudes, não apenas em conceitos técnicos. Escolhendo um tema sobre plantas não geral, porque minha família gosta bastante das coisas naturais, onde meu pai cultiva orquídeas e Minha Mãe Semper procura alternativas naturais para o que comemos lá em casa ".

ALICE CECHELLA

MANOELA ZABOTTI: "uma experiência adquirida, faça um catálogo com talentos e um desafio, mas associe uma tipografia com um tema de minha escolha proporcionou o trabalho com ainda mais paixão. Sempre gostei muito de Design de um modo geral e acho que como cadeiras ( Cadeiras) são icônicas na área, por isso, resolvi associar como formas de poltronas com uma classificação dos tipos. Por isso, dei o nome ao catálogo de TipoChái. O processo criativo envolveu uma escolha do tema, e uma longa pesquisa de fontes e cadeiras Cada categoria tipográfica é uma associação com cadeiras e estudos que é uma associação ficou "redondinha", além de uma pesquisa tipográfica com servo muito como referência, uma maioria das fontes do catálogo são usadas por mim em meus trabalhos.Foi um daqueles projetos que dão Orgulho de ter feito ".

MANOELA ZABOTTI
ALICE CECHELLA
JESICA CARNEIRO
YAGO NUNES
LEONARDO