ECCE SARUÊ

Concebida, gestada e parida nas instalações do Centro de Ciências Humanas e Naturais da UFES, a Saruê¹ é uma revista literária das alunas² de graduação em Letras, que visa ao fomento da crítica e da criação literária.

Para tanto, a Saruê oferece suas páginas a produções de diversos gêneros textuais, de irrestrita pluralidade temática e variado repertório léxico (do ao vossa mercê, e vice-versa), de forma a divulgar e celebrar trabalhos de autoras provenientes das mais variadas manifestações do fazer literário. Paralelamente, aspira a contribuir com o fortalecimento do ecossistema cultural regional e (trans)nacional, ao organizar iniciativas de estudo de crítica, editoração, além de comunicar atividades culturais e eventos ligados à prática literária.

Dentre as seções que compõem a Saruê, a categoria ARTIGO exibirá trabalhos sobre temas da atualidade e de interesse público que rondam a cultura literária. A CRÍTICA, por sua vez, será destinada às produções de caráter analítico acerca de qualquer texto literário, do passado ou presente, incluindo autoras publicadas em suas páginas.. Já as seções POEMA, CONTO e MICROCONTO estão preparadas para apresentar o gozo, a miséria, o tédio e o sublime da experiência humana; anseiam ver a sintaxe torcida, retorcida, quebrada e remontada; buscam o fora; namoram o estranhamento.

Assim, esperamos oferecer a escritoras e leitoras o platô para tensões e tenções, elegias e heresias, arcaísmos e anarquismos, onde a celebração da literatura seja o instinto, a fome e a libido que faz correr a Saruê,


¹ Saruê ou sarué (Didelphis aurita) é uma espécie de gambá muito comum no campus de Goiabeiras da UFES.

² Para a flexão dos gêneros no mesmo termo optamos pela variante no feminino plural.

Estamos recebendo textos para a primeira edição da Revista. Confira nossa CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO
Like what you read? Give Revista Literária Saruê a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.