Saiba tudo que vai rolar na XVIII Bienal Internacional do Livro Rio

Informações diretamente da Coletiva de Imprensa realizada no Rio de Janeiro.

Foto de divulgação

A Bienal Internacional do Livro realiza a sua 18° edição no Rio Centro, um espaço localizado no Rio de Janeiro. Após 2 anos, a organização se aproveita das obras relacionadas aos Jogos Olímpicos Rio 2016 que, segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livro (SNEL) e um dos organizadores da Bienal, Marcos Pereira, facilitaram o acesso ao local que sediará esta edição de 2017.

A Coletiva de Imprensa contou com a participação de jornalistas e responsáveis por diversos veículos de comunicação, incluindo a Revista Subjetiva, que foi representada pelos seus editores Mayra Chomski e Lucas Machado. A mesa que recebeu as mídias ali presentes contou com a participação de Marcos Pereira, Rodrigo Lacerda, Affonso Solano, Rosa Svartman e Daniela Chindler.

Esta edição conta com mais de 300 autores convidados, mais de 350 horas de evento e tem como objetivo principal “resgatar os valores do livro”, segundo o presidente da SNEL. Dos autores internacionais que estarão presentes, alguns deles são o angolano Pepetela, vencedor do Prêmio Camões de 1997, o americano e a americana Carl Hart e Karin Slaughter, a autora de “A Garota no Trem”, Paula Hawkins, do Zimbabwe, dentre outros. Dos autores nacionais que estarão presentes, alguns deles são Affonso Solano, autor do “Espadachim de Carvão”, Eduardo Spohr, autor de “A Batalha do Apocalipse”, Thalita Rebouças, Miriam Leitão, André Vianco, dentre outros.

Espaços

Daniela Chindler, Rosane Svartman, Rodrigo Lacerda e Affonso Solano (da esquerda pra direita).

A crise econômica a qual vivência o Brasil resultou no fechamento de algumas editoras, o que acarretou na diminuição do espaço em 8%. Porém, mesmo com a diminuição do espaço, isto não foi pretexto para não inovar e se adaptar, por isso a Bienal Internacional do Livro ainda contará com 11 mil metros quadrados de exposição, o que nos mostra que o investimento é permanente e igual as edições passadas.

Além do tradicional Café Literário, que este ano conta com a curadoria do escritor e historiador, Rodrigo Lacerda; teremos a Arena #SemFiltro, que conta com a curadoria da Rosane Svartman e Claúdia Sardinha; o espaço infantil Entre Letras, com a curadoria de Daniela Chindler; e uma das grandes apostas para este ano é o espaço Geek & Quadrinhos, que conta com a curadoria do escritor Affonso Solano.

Café Literário

Foto de divulgação

Assinando a curadoria de Rodrigo Lacerda, o tradicional Café Literário, segundo Rodrigo, tem como principal objetivo fazer com que o leitor entre em contato com os autores que ele admira. Os debates serão divididos em três eixos: o primeiro abordará questões sociais, como questões de gênero, preconceito racial, reforma política, Operação Lava Jato e surgimento da pós-verdade.; a segunda sessão será voltada a literatura, homenageará o escritor Ferreira Gullar, debate com o ganhador do Prêmio Camões de 1997, o angolano Pepetela e debates sobre literatura contemporânea que será divida em quatro partes: poesia, prosa, crônicas e literatura erótica; a terceira parte terá seu tema “celebração e variedades”, que abordará os 100 anos da Revolução Russa, os 90 anos de Tom Jobim e 100 anos de samba. O espaço contará com 2 sessões infantis para pais e filhos nomeadas de “Cafézinho Literário”.

Entre os convidados confirmados estão Leandro Karnal, Martinho da Vila, Daniel Aarão Reis, Mary Del Priore e Alessandro Molon.

Arena #SemFiltro

Foto de divulgação

Rosane Svartman é responsável pelo espaço voltado principalmente aos jovens, terá debates sobre questões sociais e relevantes para as novas gerações com as mesas “Poesia em toda parte”, “Game é coisa de menino?”, “Feminista: A Novidade”, “Crescendo com a Mídia”, “LGBT”, entre muitas outras.

Entre os convidados confirmados estão João Doederlein, Marcelo Tas, Maisa Silva, Mario Sérgio Cortella, Kefera, Fernanda Souza, Malena Nunes, Tico Santa Cruz, Marcelo Yuka, João Nery, Thalita Reboucas, Mariana Ruy Barbosa e Rafael Vitti.

Entre Letras

Foto de divulgação

A curadoria deste espaço ficou a cargo de Daniela Chindler, que começou a sua fala alegando que o espaço é para a criança “criar e viver o mundo que é seu”, ou seja, que a criança seu próprio repertório através da sua inserção no mundo da leitura. Daniela diz que a inserção da criança neste universo é uma questão de cidadania, e completa sua fala “eu adoraria que o espaço fosse de cinestesia”.

Além de jogos interativos e leituras, o espaço também contará com um espetáculo criado exclusivamente para a Bienal, em forma de fábula, que busca mostrar como as letras teriam surgido, “pois no começo [da trama] elas não são nada, são apenas letras e quando vão se encontrando, formam as palavras e assim vão se comunicando”, adiciona a curadora.

Geek & Quadrinhos

Foto de divulgação

Figura tradicional em eventos literários, Affonso Solano foi o escolhido para ser o responsável pelo mais novo espaço da Bienal Internacional do Livro, que promete ser a sensação desta sessão. O espaço contará com quadrinistas, experiências em Realidade Virtual, sessões de RPG e jogos de tabuleiro, conversas e intervenções com autores e criadores de conteúdo, Swordplay e cosplay. As crianças também farão parte deste espaço com a sessão “O Mundinho Geek”.

Além dos debates tradicionais da cultura nerd, também teremos a presença de questões sociais e atuais, como a representação feminina e a importância das mulheres no meio. Entre os autores já confirmados para estes debates estão Enéias Tavares, Marcos Castro, André Vianco, Eduardo Spohr, Jurandir Filho, Cid do Não Salvo, Flávia Gasi, Babs, Rebeca e Renato Lima.

Outros espaços

Mesmo sem seus respectivos curadores na Coletiva de Imprensa, a Bienal Internacional do Livro também contará com o Encontro entre Autores, o 2° Fórum de Educação promovido pela TV Futura e que contará com a participação de Djamila Ribeiro e um espaço voltado ao empreendimento, onde livreiros, agentes literários e editores poderão se encontrar, trocar ideias e firmar parcerias.


A XVIII Bienal Internacional do Livro acontece do dia 31 de agosto ao dia 10 de setembro e nós, da Revista Subjetiva, estaremos lá para trazer todas as novidades em primeira mão. Para mais informações: