Foto: Aryanne Audrey

“sei que o amor ampara-me”

quando cheguei aqui
tudo estava pronto,
do chão as paredes,
das árvores as flores,
até o vazio estava pronto
para receber a vida

me ensinaram palavras
que balbuciei,
me ensinaram passos
que andei

tudo o que vi
me foi mostrado,
tudo o que aprendi
me foi ensinado,
nenhuma certeza me foi dita
mas nenhuma resposta me foi negada

quando cheguei aqui 
tudo já existia
e eu também,
quando cheguei aqui
tudo já estava pronto,
menos eu:
era eu, com outros, 
quem me fazia.



Gostou? Clique nos aplausos — eles vão de 1 a 50 — e deixe seu comentário!

Siga nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram

Assista ao último vídeo do nosso canal no YouTube!

Participe do nosso grupo oficial no Facebook e leia nossas revistas digitais!