5 dicas para criar um novo hábito

Mudar de vida pode ser muito mais simples do que parece

Os seus hábitos certamente tem uma importância enorme na sua vida, pode-se dizer que eles tem o poder de definir quem você é ou onde você pode chegar. O hábito de fumar, de comer um doce após o almoço, de meditar ou praticar um exercício pela manhã são ótimos exemplos de hábitos que tem um forte impacto na sua vida, principalmente em longo prazo.

Nós somos o que fazemos repetidamente. (Aristóteles)

Estes hábitos podem ser positivos ou negativos, que tal fazer uma análise para tentar perceber quais hábitos você possui e que efeitos eles trazem pra você e para sua vida em um longo prazo?


Certamente você, assim como eu, possui diversos hábitos negativos. A boa notícia é que podemos criar novos hábitos e modificar os existentes. O problema é que isso parece ser uma tarefa extremamente difícil e nem fazemos ideia de por onde começar.

Alguns falam que para algo se tornar um hábito é necessário que se repita por 21 dias (ou vezes), outros dizem 30, 66 e até 84. O fato é que depende de cada pessoa e de cada hábito, o tempo mínimo costuma ser de 21 dias e na maior parte das vezes é de 66 dias.

O fato é que criar um hábito é algo simples, mas não quer dizer que seja fácil, pois exige consistência e isso só depende de você. Mas para te ajudar nessa missão, aqui vão algumas dicas para a criação de um novo hábito:

  1. Propósito: De nada adianta você querer comer uma fruta, meditar ou correr apenas por ser algo legal. E ainda não adianta comer uma fruta para emagrecer, você precisa ir mais fundo, encontrar a motivação real. Será que você quer criar o hábito de ver os assuntos mais falados da sua área pra ficar por dentro, para ter assunto com seus colegas, para conseguir um emprego melhor ou para melhorar sua carreira e comprar a casa dos seus sonhos?!
  2. Não torne o hábito um obstáculo: você precisa entender o hábito como algo benéfico e prazeroso (se não fosse você não iria querer criá-lo), o segredo aqui é não forçar, crie o hábito progressivamente. No caso de uma corrida, não comece tentando correr 10 quilômetros em 30 minutos, comece com uma caminhada, depois intercale com algumas corridas, e assim por diante, até você chegar no que considera ideal.
  3. Organize-se: partindo do ponto de que o seu hábito não é um obstáculo, posso te dizer que iniciar, “tirar o pé de casa”, vai ser. Voltando pro hábito de correr: não encontrar o tênis, não ter a garrafa de água cheia e não ter a roupa onde deveria estar certamente são coisas que vão fazer com que você não saia de casa. Certifique-se de ter tudo organizado de uma forma que não crie problemas ou dificuldades que podem te atrapalhar e acabar fazendo você desistir de colocar seu novo hábito em prática.
  4. Estabeleça metas: essa técnica faz com que você libere dopamina (causando a sensação de bem estar), por meio do sentimento de progressão, o feedback que você dá para você mesmo e o prazer ao concluir a meta. Isso com certeza vai te manter motivado e facilitar o processo de criação do seu novo hábito. Você pode definir várias metas e ajuda muito elas serem visuais, como riscar no calendário os dias que você cumpriu.
  5. Não reconsidere: Na hora de praticar seu novo hábito, mil pensamentos vão vir na sua cabeça para tentar te fazer reconsiderar se realmente é vantajoso você sair pra correr hoje, se você deve parar para meditar ou se você deve comer aquela fruta. Mas lembre-se: você já tomou sua decisão!

Com essas dicas em mente, você com certeza está pronto para colocar em prática o seu novo hábito (comece o quanto antes), mas lembre-se: o benefício do seu hábito vem em longo prazo e para que ele realmente se torne um hábito é preciso ser forte e ter consistência!

Até sua nova tarefa realmente se tornar um hábito, você terá problemas, seu cérebro vai tentar te sabotar de todas as formas pra que você volte ao piloto automático, mas isso vai se tornando mais fácil a cada dia. Então foco no seu propósito e boa sorte :)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.