Ano novo, mais jogos!

Bom dia do Planalto Central.

2018 foi foda, agora bem-vindos ao que sobrou para esse ano! Eu queria ter jogado mais no fim de ano, mas uma das minhas pessoas preferidas estava aqui e não conseguimos uma data, entre todos os compromissos, e hoje ele voltou pro Yemen, talvez em março a gente consiga…

Ano novo:

Ainda assim, o primeiro RPG do ano foi genial! Encontrar um mistério na cidadela dos anões, onde eles estavam todos paranóicos se preparando para um ataque das cidades humanas, que os personagens sabem que não virá… mas zumbis sim estão atacando eles.

https://www.artstation.com/artwork/XxADD

Na última sessão eu matei um dos personagens, afinal, aqui é mestre contra jogador! Eles tinham um recurso para restaurar a vida de um camarada muito ferido, mas isso se esgotou. Acho que eles tomarão mais cuidado de agora para a frente. Mas, pensando bem, na primeira oportunidade que tiveram eles se separaram, quando será que eles vão aprender que estão num lugar perigoso?

Um bárbaro do norte, um campeão dos anões, um nobre da cidade grande, uma cavaleira em armadura completa e uma feiticeira interessada em pistas sobre dragões… esse é o nosso grupo! E nós estamos em Icewind Dale, para quem conhece.

Ano passado:

No último RPG de 2018 eu fui um clérigo andando pelas Stonelands em Cormyr. É estranho jogar com outras pessoas mestrando em lugares que eu conheço tanto. Depois comentei com a Bia, nesse região a personagem dela de um meu jogo antigo, ainda D&D 3.5, tem uma fortaleza de onde protege a civilização. Já invadimos tudo quanto há nas Stonelands, e desenterramos cidades esquecidas… mais ou menos o que encontrei na minha aventura agora. :)

Mapa dessas terras tranquilas e pitorescas entre o deserto e as montanhas… onde só nascem problemas.

Leituras:

Estou no meio desse "guia de leitura" do Apêndice N, um bom resumo do que tem de regras e inspirações no jogo que foi retirado da ficção. Realmente vou entendendo mais de onde saiu o D&D, mas não sei ainda se a inspiração pro jogo que eu mais gosto foi essa. Tem gente procurando essa inspiração "original", e com certeza vale a pena ler tudo isso — quer dizer, eu estou adorando. Mas o D&D que eu gosto vem de depois, e talvez tenha a ver com a "Revolução Hichman", com esse bom resumo do que isso quer dizer:

E uma crítica para vocês verem que nem todo mundo é feliz com isso:

Encontro:

E eu estou bem animado com o Janeiro Geek do Sesc, que deve rolar a partir de 14 de janeiro, muitos encontros nerds e jogos dia 27/01. Será a primeira vez que fazemos um encontro com muitas pessoas, Green Peanuts e Manas do RPG… acho que vai ser muito interessante toda a discussão, apesar do público, que pode não ser tão grande, em janeiro. Vejo vocês lá!

E você acha que está sem sorte para o RPG? Eu trabalhei na posse dia 1º, então nem vamos começar a comparar quem começou o ano com o pé mais errado.

Socorro, trabalhar no feriado…