Neo Guanabara — financiamento coletivo em andamento

Um jogo brasileiro de tropicália cyberpunk

O que é Neo Guanabara?

Neo Guanabara é um jogo de RPG completo sobre cyberpunk tropicália com um enfoque em artes marciais. É um jogo sobre manipulação, futilidade e corrupção. Um jogo sobre enfrentar desafios físicos e políticos com capoeira elétrica e cyber jiu-jitsu.

Perseguidores: os personagens dos jogadores

Os jogadores assumem o papel de Perseguidores. Eles são uma espécie de mercenário/celebridade. Adorados na internet underground, eles têm poderes e técnicas incríveis que vão muito além da capacidade humana e também possuem poder político na cidade de Neo Guanabara, permitindo que moldem a cidade e suas facções através de seu poder.

Os Perseguidores são divididos em três linhagens:

Humanos — Sobreviventes da cidade do futuro. Como você, só que mais legal.

Pessoas-Lagarto — Alienígenas proletariados que foram jogados na cidade por uma imensa espaçonave pelo compartimento de lixo.

Androides — Inteligências artificiais ilegais, banidas pelo mundo. Esses mecânicos malandros são criminosos de nascença.

Além das linhagens, eles são divididos em três classes.
Ciborgue — Lidam com Aumentos Cibernéticos. Máquinas fazem parte de seu personagem e seu dia a dia.
ESPers — Lidam com Aumentos Psíquicos. Dotados de cérebros lagarto (naturais ou implantados), o corpo é escravo de sua mente, que o molda e o transforma.
MetaMagos — Lidam com Aumentos MetaMágicos. Hackers da realidade, a quarta parede é apenas uma sugestão. Crie “hacks” do jogo dentro do próprio jogo.

A cidade e a mini-campanha

Neo Guanabara é uma cidade usada como palco de um experimento pessoal, um jogo de poder, chamado pelo autor de poder nu e cru.

Os Eternos são a classe governantes de Neo Guanabara, vivendo na parte mais rica da cidade, A Metrópole. São esses governantes sombrios que criam 
Pois o esquema dos Perseguidores foi criado pela classe de governantes, os políticos que vivem na parte rica da cidade, ao qual os cidadãos chamam de “A Metrópole”.
O experimento é simples: um governo que não governa para o povo, mas para classe política; que mente constantemente, que causa a ascensão dos sindicatos do crime que controlam pedaços da cidade. Ao mesmo tempo, o governo fomenta a ideia de esperança. Basta o político certo ser eleito e ele salvará a cidade.
Oficialmente, o governo se opõe aos Perseguidores. Na verdade, são os Eternos que controlam a Guilda de Perseguidores. O sonho de liberdade e de justiça que guia os Perseguidores é apenas isso: uma ilusão. Como os Perseguidores lidarão com essa informação depende exclusivamente da sua mesa.

As mesas de Neo Guanabara são estruturadas em torno de mini-campanhas. São séries de 4 aventuras sequenciais.
Em uma mini-campanha, cada personagem jogador busca um tipo de Justiça — o quickstart apresenta 5 deles, mas o livro completo incluirá mais opções.
Perseguir essa justiça gera um recurso chamado Fama. Interagir com as diferentes gangues gera Renome com as facções. 
Usando Fama e Renome, no final da mini-campanha, cada jogador pode gastar tais recursos em uma tabela para habilitar/alterar elementos de Neo Guanabara, rumo a um “objetivo final” que modificará a cidade de maneira permanente. Isso deve ser evocado toda vez que o grupo decidir jogar uma nova mini-campanha.

As regras

O jogo é dividido em quatro momentos: Testes, Combates, Debates e Investigação. Com a exceção do último momento, todos eles têm como cerne “a rolagem”.

Prepare uma parada de dados pegando 1 dado dos seguintes elementos da ficha de personagem: Regra de Engajamento, Pilar, Perícia e Aumento. Role os dados, selecione 2 dados como Valor e 1 dado como Nível de Efeito.

O Valor é comparado com o Valor da Reação executada pelo alvo, ou pelo número estático de dificuldade do Teste, enquanto o Nível de Efeito é a “qualidade” do resultado. Quanto maior tal nível de efeito, mais eficaz foi a ação. Ao entender a rolagem, você entende a essência do jogo. Trata-se de selecionar elementos da ficha, que ativam efeitos especiais dependendo do contexto da ação, seja em testes, combates ou mesmo debates. Se parece familiar, você pode estar lembrando do Marvel Heroic Roleplaying.

Debates usam uma “Mega Parada de Dados”, com participação de todos os personagens e resolução em uma única jogada de dados. Tal mecânica é usada para resolver situações cabeludas e complexas sem violência, exigindo gasto de fama/renome para ser iniciada. Como recompensa, é possível obter Aumentos, aliados e até mesmo mais Fama/Renome; mas também existe o risco de perder influência na cidade caso o debate seja perdido.

Finalmente, temos investigação. Informação é dividida em níveis em NG; o nível 1 é a essencial para o funcionamento da missão. Os níveis 2 e 3 são mais específicos, opcionais. O Perseguidor que opta por investigar primeiro obtém a informação de nível 1, enquanto as informações de nível 2 ou 3 advém das perícias. 
Isso mesmo, sem jogadas de dado. Em Neo Guanabara, a investigação nunca é um obstáculo. Caso os jogadores precisem de uma informação para prosseguir com a aventura, eles podem obtê-la na fase de investigação ou recebê-la mais tarde de seu Navegador (uma espécie de atravessador da Guilda dos Perseguidores). Se parece familiar, você deve estar lembrando de Rastro de Cthulhu, que usa o sistema Gumshoe.

Neo Guanabara

Ficou interessado? Você pode conferir o quickstart do jogo e apoiar a campanha de financiamento coletivo no Catarse.

Caso queira conhecer outros jogos do autor (em inglês), confira Intergalactic Lucha Libre e seu quickstart gratuito.