Primeiras impressões de Tormenta 20

Odmir Fortes
Jun 18 · 5 min read
Agora o bicho vai pegar!!

1- Perícias por todo o lado!

A principal característica do Tormenta 20, certamente é o uso de perícias como mecanismo principal de resolução de conflitos, provavelmente com o objetivo de unificar a mecânica principal do sistema. Seja para se esconder do monstro gigante, atacar o minotauro com uma espada ou resistir a uma magia de domínio mental, em todas estas situações você irá usar perícias. A mecânica básica ainda é rolar 1d20 e superar as dificuldades dos testes, entretanto os valores no jogo estão bem menores do que nas versões anteriores do sistema.

2- Foco nas classes e na customização.

Certamente as classes básicas de tormenta estão com um brilho a mais nesta edição. A primeira grande mudança é que o aumento de Atributos/Ganho de talentos foi atrelado ao nível da sua classe, o que torna interessante seguir com uma única classe em sua carreira de aventureiro. Porém as multiclasses ainda estão lá e, com a mecânica de seleção de poderes da classe, você consegue criar personagens bastante ricos e personalizados. Para finalizar, todas as classes ganham um poder muito forte ao atingir o nível 20, mostrando que a classe chegou ao seu ápice. Destaque para o Inventor que pode criar itens e equipamentos customizados!

Personagens de todo tipo pra todos os gostos!

3- Magia e Gerenciamento de Recursos.

Uma das melhores coisas do sistema foi a criação de um recurso único para funcionamento das habilidades dos personagens, os Pontos de Mana. Sejam magias ou ataques especiais, os personagens utilizam este recurso unificado, o que permite uma transição tranquila para personagens multi-classe. Além disso, diversos destes poderes podem ser ampliados com custos extras de PMs. Isso inclui magias, que tornam-se extremamente versáteis, tendo várias vezes 2 ou 3 efeitos adicionais que podem ser acessados por um custo adicional. Finalmente seus “misseis mágicos” podem virar uma verdadeira “Lança Infalível de Talude”!

4-NPCs e Aliados.

Um ponto interessante entre as novas mecânicas apresentadas é o uso de Aliados. NPCs que ajudam os jogadores em combate, mas sem causar um atraso na mesa com rolagens de ataque ou mesmo trabalho para o mestre construir sua ficha. Um aliado fornece um bônus em alguma característica dos personagens-jogadores. O tipo de auxílio depende do aliado, mas pode ser um bônus nas jogadas de ataque, na CA, nos danos, ou mesmo em testes de perícias. O bônus aumenta conforme o grau de experiência do NPC que ajuda o jogador.

5- Combate ágil e mortal!

Com as mudanças de balanceamento nas classes e de aumento de força nos poderes uma coisa se tornou bastante perigosa: combates. Os personagens são bastante eficientes no que fazem e rapidamente eliminam seus adversários, porem o mesmo vale para os inimigos. Pela experiência de níveis iniciais nenhum combate durou mais do que 3 rodadas, tanto pelo nível de poder dos personagens quanto pelo estilo agressivo dos monstros. Entre as criaturas presentes no playtest, a maioria possui poucos pontos de vida porém tem estatísticas de combate consideráveis, o que torna o combate um jogo onde todos são presas e acabar rapidamente com seu inimigo é a forma mais eficiente de lutar.

Quase todas as artes do livro serão Inéditas, e todas serão coloridas!

RPG Notícias

Se você gosta de RPG de mesa, seu lugar é aqui.

Odmir Fortes

Written by

Desenhista, cosplayer, gamer e rpgista. Ah tb trabalho nas horas vagas. Page: https://www.facebook.com/odmirfortes/

RPG Notícias

Se você gosta de RPG de mesa, seu lugar é aqui.