Atirador de Elite, Infiltrador, Inferno, Negociador e Boina Verde

TIRO FATAL | Déloyal

“Mais um jogo usando L’Aventure”

O QUE É TIRO FATAL

Bem, após o sucesso de Deloyal, seria obvio que trabalharíamos mais jogos utilizando o sistema L’Aventure. Este projeto nasceu logo em seguida, mas ficou parado, esperando o momento certo para ser trabalhado. Revirando coisas antigas, talvez seja hora de dar uma nova mexida no mesmo.

Para facilitar o entendimento, vamos apresentar então o que É TIRO FATAL.

Em tiro fatal os personagens estão na pele de soldados de forças especiais, eles são Comandos.

Comandos é a designação dada a uma tropa de elite pertencente a uma das forças armadas, que é altamente treinada e qualificada a operar em missões especiais rápidas sob circunstâncias e ambientes impróprios ou contraindicados ao emprego de outros elementos das forças regulares, sendo apta a cumprir uma ampla variedade de missões e tarefas, táticas ou estratégicas.[1] Dentre as missões executadas por uma tropa de comandos, estão as operações de contraguerrilha, além das ações diretas que necessitem de alto poder de choque.

Ou seja, um grupo não ortodoxo que trabalha em modelo de guerrilha realizando missões dentro de uma Operação Militar.

Em uma guerra as forças são movidas do seguinte modo:

Uma CAMPANHA é movimentação militar em grande escala. Pense numa grande guerra como uma campanha militar e está possui várias etapas, sendo as mais importantes para o jogo apenas a Execução, Controle e Conclusão. As últimas três partes, que envolvem ação direta e consequências de todo o trabalho. A parte de política e ações, deixamos para a construção coletiva pré-jogo. A BATALHA DA NORMANDIA, por exemplo, foi uma campanha.

Dentro de uma CAMPANHA há várias OPERAÇÕES por sua vez são ações menores que juntas formam uma campanha. Pense nas Operações. Uma operação envolvem várias MISSÕES.

Uma OPERAÇÃO possui uma quantidade de Objetivos que necessitam de execução e sucesso. O agrupamento de objetivos formam as MISSÕES.

Então… vários OBJETIVOS formam MISSÕES. Várias MISSÕES formam uma OPERAÇÃO. Várias OPERAÇÕES formam uma CAMPANHA.

Simples não?

“Meu objetivo é tomar a Oceania e mais dois continentes”

CAMPANHAS E OPERAÇÕES NA MESA DE JOGO

Quando formos pensar em Campanhas, ou seja, motivos de guerra aberta, devemos responder algumas perguntas de forma coletiva.

Guia de Campanha

· Quais os motivos que levaram este conflito?

· Quem são as principais forças lutando?

· Quais os 1–3 principais países aliados aos meus inimigos? E os 1–3 aliados?

· Lutamos a favor de que lado? Qual país lidera nossa campanha? Onde se iniciará a primeira operação?

· Existe tecnologia bizarra? E sobrenaturalidade? Ss dois são distintos ou agem juntos também?

EXEMPLO:

Os países estão lutando por reservas de petróleo.
O conflito está sendo travado por EUA e CHINA
INGLATERRA e ESPANHA apoiam os EUA.
COREIA, JAPÃO, EGITO estão junto com a China.
Nós lutamos ao lado dos EUA. A Espanha comanda a campanha já que está mais próxima do conflito. Tudo começará no EGITO.
Não existe nenhum dos dois.

Uma Operação deve conter uma quantidade de Objetivos. Idealizamos uma quantidade após uma profunda pesquisa em mídias focadas em Segunda Guerra Mundial, como jogos e quadrinhos. Após essa analise, vimos que ter um total de objetivos igual a 6 multiplicado pela quantidade de jogadores (Como exemplo mesa com 4, igual 24 objetivos) é um número ideal. Multiplique por 5 ou por 7 caso queira jogos mais curtos ou mais longos.

Uma Campanha pode ser apenas uma ou várias operações. Defina com seu grupo. Use menos objetivos por Operações caso queira jogar várias, use mais objetivos se a intenção for apenas uma.

Ou seja, se você tem 24 objetivos, você poderá fazer uma missão com 5, outro com 6, mais uma com 4, outra três com 3 objetivos. Simples assim.

AS MISSÕES NA MESA DE JOGO

Uma missão é construída com a seguinte sentença:

“Vocês devem [AÇÃO] o seguinte [OBJETIVO] no hostil [TERRENO] de uma determinada [REGIÃO], enquanto superam todas as [COMPLICAÇÕES] imprevistas”.

Com base nesse preenchimento, o MJ irá detalhar os OBJETIVOS principais da missão (abatendo sua quantidade dos objetivos totais da OPERAÇÃO).

Uma missão possui um total de objetivos PRINCIPAIS igual ou metade a quantidade de jogadores na mesa.

Uma missão possui um total de objetivos secundários igual 1 a 3 por missão. Objetivos secundários SEMPRE devem envolver escolhas que amenizam danos a inocentes e forças hipossuficientes.

Resolver missões secundárias melhoram suas chances de ter melhores resultados no DADO DO TRIUNFO ao fim de uma MISSÃO.

SOBRE DADO DO TRIUNFO E NOVAS MISSÕES

Caso o resultado deste dado seja FALHA ou PROBLEMA, uma nova MISSÃO EMERGENCIAL surgirá. Os OBJETIVOS dessa MISSÃO não são descontados do total de OBJETIVOS da OPERAÇÃO e diferente de Deloyal, elas devem ser combatidas NESTE MOMENTO. Sem tempo de preparo ou analise. Os personagens irão cegos, sem saber bem o que enfrentarão.

OS PERSONAGENS EM TIRO FATAL

· Boina Verde — Preparado para combates próximo, luta com facas e imobilizações. Supra: Violência.

· Atirador de Elite — Preparado para tiros perfeitos, disparos ligeiros e operação de artilharia pesada. Supra: Bravura

· Fuzileiro Naval — Preparo para entrar e sair, , escalar, se pendurar e atravessar qualquer lugar — Supra: Agilidade

· Piloto — Preparado para guiar carros, lanchas, helicópteros e qualquer outra coisa que possa ser pilotado. Supra: Pilotar

· Espião — Preparado para achar e analisar documentos, encontrar pistas, passagens, códigos e muito mais. Supra: Investigação

· Infiltrador — Preparado para arrombar cofres, desarmar bombas, derrubar sistemas, forjar pistas e encontrar falhas. Supra: Furto

· Negociador — Preparado para negociar, subornar, interrogar, intimidar, comover e dobrar vontades. Supra: Persuadir

· Inferno — Preparado para criar bombas, mesclar materiais instáveis, derrubar estruturas, sabotar plano. Supra: Ciências

· Médico — Preparado para criar remédios, conduzir operações de campo, dopar, encerrar efeitos e salvar vidas. Supra: Primeiros Socorros

· Líbero — Preparado para ser aquilo que querem que ele seja. O homem misterioso. Não possui Supra. Escolha 2d8 + 3 minúcas.

Persuadir — Quando tentar subornar, mentir, enganar, seduzir alguém, conquistar.
Pilotar — Quando usar qualquer tipo de veículo em uma cena de tensão.
Agilidade — Quando tentar ultrapassar barreiras, escapar, furtividade, entrar em locais apertados.
Bravura — Quando precisar se manter firme em situações tensas em um tiroteio.
Investigação — Quando precisar analisar provas e recolher evidências.
Violência — Quando precisar despejar suas raiva e agressões físicas em alguém.
Ciência — Quando precisar buscar seus conhecimentos científicos.
Furto — Quando precisar arrombar, desarmar, hackear sistemas ou bombas.
Primeiros Socorros — Quando precisar cuidar, tratar e curar ferimentos.

Como podem notar, agora temos mais perícias.

LAÇOS EM TIRO FATAL

Permanecem de modo inalterado, obviamente, sendo reescritos para servir melhor ao contexto.

VANTAGENS

Agora mais focados em área de especialidade, favores e vantagens, menos em posses.

TRUNFO E HORROR

Os Trunfos descrevem as conquistas importantes na vida do seu protagonista (cada protagonista inicia o jogo com um Trunfo baseado na experiência mais triunfante que já teve em sua vida). São atitudes que superam situações quase impossíveis de forma épica e que motivam o seu protagonista a superar novos desafios.

Características que marcam realizações surpreendentes dos personagens; Descreva a cena mais triunfante (algo de orgulha-se) vivenciada pelo protagonista

Fugi de uma prisão de segurança máxima, sozinho.

Quebrei o recorde do meu pelotão ao atravessar o canal a nado.

Sempre que for cabível, seu trunfo lhe colocará sob BOA FORTUNA ou MÁ FORTUNA. Palavra final é do MC.

Já o Horror são situações que atormentam o seu protagonista. Uma marca de uma experiência grave de horror causado por sua vida militar.

Ateei fogo em vila com crianças inocentes

Matei um homem a sangue frio numa briga de bar

Sempre que for cabível, seu Horror lhe colocará sob BOA FORTUNA ou MÁ FORTUNA. Palavra Final é do MC

Trunfos são construídos com base no que acontece na mesa de jogo. Horror são consequências ao andamento das missões.

REGRAS ADICIONAIS

· Haverão regras para solicitação de suporte.

· Equipamentos receberão alguns rótulos, indicando diferenças, capacidades e dificuldades para operá-los.

HORROR

Ao termino de uma Missão, rolasse o dado de patente (quanto maior menor) para saber como lidam com os horrores da guerra. Quanto menos missões secundárias fizerem, maior sua chance de se dar mal. Mostrando que pessoas morreram por sua incapacidade e impotência.

A falha poderá fazer com que você reescreva seu HORROR ou escreva novos. Ao acumular muitos HORRORES você poderá perder o personagem.

CORPO, CORAÇÃO E CÉREBRO

Como podem notar toda a OPERAÇÃO é o CORPO. Suas MISSÕES são os Pilares. Diferente de Deloyal não há construção coletiva para a criação dos PILARES. Eles são soldados, apenas recebem informações vindas da inteligência.

· Isso terá exceção caso queiram jogar novas Operações, onde um Personagem do Jogador pode se tornar Capitão ou acima.

O Coração é chamado aqui de APENAS MAIS UMA MISSÃO. Onde os personagens creem que é o fim. A luta derradeira.

O Cérebro é chamado de ENFIM ULTIMA MISSÃO. Hora de lutar definitivamente sua ultima missão nesta OPERAÇÃO.

SOBRE VITALIDADE, DANO E MORTALIDADE

Estamos estudando sobre isso, se será algo menos real, sempre puxado para o PULP, ou seguir por uma linha mais mortal, com elementos do IRMÃOS DE GUERRA do nosso parceiro Jairo Borges.

CONSIDERAÇÕES

Já temos uma boa base escrita, agora entraremos nos por menores. O foco do jogo seria ação durante a segunda guerra mundial ou talvez um pouco além, quem sabe guerra do Vietnã ou Golfo, mas não pensamos em jogos mais modernos. A inclusão das novas tecnologias pode tornar o jogo um pouco mais complexo. Mas são apenas observações, ainda nada decidido.

Muito do texto de regras de Deloyal será apenas copiado e colado (basicamente parte de regras). Não, não tratem isso como descaso, mas apenas seremos claros em não ficar enchendo linguiça. Quem já conhece o sistema poderá pular algumas partes.

Aguardem novidades.

E então, curtiu? Você ainda não tem seu Déloyal? Então aproveite, curta o Lampião Game Studio e compre o seu agora na loja da editora Pensamento Coletivo: www.pensamentocoletivo.com.br/loja/r-p-g/deloyal

#rpg #deloyal #lampiaogamestudio