9 verdades sobre como era tenso o trabalho de gestão das redes sociais antes das ferramentas de monitoramento

Antes… era tudo mato!

Nossos pais, tios e avós sabem bem o que é olhar os avanços do presente e lembrar daquele tempo em que tudo não passava de pasto e marasmo. Na mesma proporção (inversa), as redes sociais já foram um território hostil para analistas e gestores que gastavam as digitais dos seus dedos verificando post a post, share a share, like a like, atrás de uma nuance que fizesse sentido. Era quase como decifrar uma criptografia.

Mas, alguns anos após a gênese digital das plataformas sociais, fez-se a luz: estavam criadas e disponíveis para uso imediato as FERRAMENTAS DE GESTÃO DE REDES SOCIAIS. Amém! Foi como ir da água pro vinho, sendo que a água era o trabalho pesado e empírico, e o vinho eram algumas porções de regras, tags e filtros que formavam dashboards completos, coloridos e precisos.

Em homenagem ao que a tecnologia é capaz, separamos a seguir alguns exemplos de como eram as coisas nesse passado próximo e obscuro. Prepare o lenço para as lágrimas de alegria, ou tristeza…

Naquele tempo, você:

1- Não sabia ao certo o que as pessoas estavam falando de uma marca nas redes sociais;

2- Tinha que contar UMA-POR-UMA quantas vezes a marca foi mencionada (depois de já ter ficado uma vida procurando);

3- Precisava responder cada comentário… UM-DE-CADA-VEZ;

4- Não tinha como saber com precisão e de forma massiva quem eram os seus concorrentes e o público-alvo…

5- …muito menos imaginar qual era o melhor horário para interagir com o público;

6- Não conseguia acompanhar de perto o que o seu concorrente produzia;

7- Não tinha noção da saúde de marca — o impacto positivo e negativo que a sua marca estava gerando;

8- Abria abas para todas as redes sociais, para todos os posts em cada rede social, pois não existia uma ferramenta que unificasse todas as interações e todas as mídias;

9- Não tinha a possibilidade de analisar quem eram seus influenciadores, seus detratores e quem impactava na sua rede social.