O poder dos fatos isolados nas redes sociais

Confira os resultados do monitoramento realizado no produto Scup Social sobre a cracolândia

Ter cuidado com o que falar nas redes não é segredo pra ninguém. Mas, situações inesperadas e adjacentes ao assunto do momento também podem provocar reações desproporcionais e difíceis de gerir.

O caso cracolândia

Dia 17 de janeiro de 2017 marcou o primeiro momento de tensão acerca do tema cracolândia nas redes, desencadeado depois de um confronto entre Polícia Militar e usuários de drogas nas ruas de centro velho de São Paulo.

O assunto ganhou corpo nos meses seguintes com as diversas declarações do prefeito João Dória, que sugeriu novas intervenções policiais e ainda uma possível desapropriação de terrenos na região. Até que no dia 25 de maio, uma manhã de domingo, um efetivo de 900 policiais realizou uma operação que resultou na prisão de ao menos 38 pessoas e na consequente expulsão dos usuários de drogas do local.

O fato promoveu uma expressiva onda de manifestações nas redes, sobretudo no Twitter, que manteve ciclos de repercussão até o início de julho. A partir desse ponto, o fluxo de menções retornou a um padrão normalizado.

O que chamou a atenção nessa trajetória, no entanto, foi um fato isolado ocorrido no dia 7 de agosto e que nada tinha a ver — ao menos diretamente — com o tema em questão: de passagem por Salvador, capital baiana, João Dória foi atingido em cheio por um ovo, atirado por um manifestante.

O vídeo viralizou imediatamente e provocou reações do público, entre elas uma postagem que relacionava o ocorrido em Salvador com o contexto cracolândia, provocando uma nova tendência de retweets que trouxe o tema à tona e modificou a média numérica de posts — o que, por consequência, reabriu também julgamentos positivos e negativos do prefeito de São Paulo.

O que isso tudo quer dizer?
O imprevisível pode transformar completamente cenários de calmaria. A tranquilidade ou o “esquecimento” das redes é sensível às menores movimentações, mesmo quando elas não remetem diretamente ao assunto do momento. Monitorar as tendências sociais em tempo real é imprescindível para prever momentos de dificuldade e auxiliar no desenvolvimento de estratégias para o gerenciamento de crises.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Scup’s story.