Selo Literário Itan publica edital para publicação de escritoras (es) negras (os), em Mato Grosso

Abayomi Jamila
Apr 6 · 4 min read

As inscrições são gratuitas, irão abrir no dia 12 de abril e seguirão abertas até o dia 6 de junho, serão aceitos poemas autorais e inéditos que abordam o tema Política, ambiente e subjetividade

Com o intuito de promover a literatura produzida por escritoras (es) negras (os), em Mato Grosso. O Selo Literário Itan incentiva e apóia autoras aventureiras (os), iniciantes e de primeira viagem. O Selo Literário Itan incentiva e apoia autoras aventureiras (os), iniciantes e de primeira viagem.
Em sua segunda edição, o Selo Literário Itan abre inscrições e busca por trabalhos que abordem o tema Política, ambiente e subjetividade, a partir de uma perspectiva de quem mora no estado. Poderão se inscrever pessoas negras maiores de 18 anos que estejam morando em Mato Grosso.

Para saber mais, você pode ler na íntegra o Edital 01/2021 aqui. O tema da presente edição deseja abarcar tópicos contemporâneos sem perder de vista as dimensões plurais, macro e microscópicas dos fenômenos envolvendo a população negra nesse território.

As inscrições se iniciam no dia 12 de abril e se encerram em 06 de junho de 2021. A curadoria selecionará até 15 (quinze) poemas. No entanto, isso não caracteriza obrigatoriedade, uma vez que poderão haver alterações na quantidade de textos a serem aprovados, a partir do volume e qualidade dos textos recebidos. Os nomes das(os) candidatas(os) selecionadas(os) serão divulgados na plataforma do Selo, no Medium, e seus poemas darão vida a uma revista digital. Lembrando que, as normas para submissão e os critérios de avaliação e seleção podem ser consultados no Edital.

Chamada de publicação - Fonte: Instagram @seloitan

O projeto objetiva ser uma ferramenta para a construção de espaços de narrativas não hegemônicas e teve a sua primeira edição publicada em 2020, em parceria com Coletivo de Jornalismo Independente Com_Texto. Dessa maneira, foram contemplados quinze (15) escritoras e escritores das cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Jaciara, Poxoréu, Sinop e Rondonópolis. A revista publicada teve o tema “Território, afeto e identidade” e você pode fazer o download gratuitamente aqui.

Para Abayomi Jamila, idealizadora do projeto em 2020, segundo reportagem do Com_Texto, “(…) o Selo propõe um convite às pessoas negras para que sejamos as vozes do nosso tempo e venhamos a escrever na certeza de estarmos construindo o futuro no presente, juntando nossos remendos costurando a nós mesmos ao remodelar a realidade histórica das coisas.”

Já para a produtora editorial, Camila Rodrigues que atua no projeto desde a sua consolidação: “a nossa história local, tão particular e atravessada por belezas e dores, deve produzir algum tipo de imaginário, de pensamento e de ação que vale a pena ser escrito e lido. Portanto, estamos pensando tanto nos e nas autoras conterrâneas quanto nós leitores e leitoras que podem ter acesso ao saber e a sabedoria que produzimos por aqui. (Leia as matérias completas no Com_text).

Maria Clara Bertúlio e Wesley Rocha fizeram parte da primeira edição da revista e agora compõem a equipe de curadoria, para Wesley Rocha: “O selo literário é um importante espaço de voz e resistência, é um convite para que as pessoas negras, por meio da literatura, possam romper os silêncios e as fronteiras coloniais, fazendo com que suas vozes sejam ouvidas. Portanto, participar desta construção coletiva e potente é, em si, um ato de insubmissão, de transgressão a todo tipo de tentativa de supressão da nossa voz.” Já para Maria Clara Bertúlio: “O coração da nossa luta é disputar acesso em espaços de exclusão, assim, o Selo insere-se numa caminhada rigorosamente comprometida com a chamada e ampliação de espaços para atores negros. Neste processo, que é de enfrentamento do racismo na arena das dicções literárias, o protagonismo negro é central, pois não só a literatura negra produz uma representatividade, mas a busca por representatividade produz uma literatura negra. Trata-se de uma busca por caminhos de expressão de uma poética da negritude que percorra na contramão do contexto do discurso branco hegemônico. Assim, mergulha na concretude do imaginário social dos saberes e experiências negras, um imaginário de resistência, enfrentamento e reafirmação de identidades.”

O Cronograma Oficial do processo de seleção pode ser consultado no Edital, no entanto, ele pode sofrer alterações, sem aviso prévio, a partir das decisões da organização. Por isso, todas as etapas, bem como possíveis alterações no cronograma, serão divulgadas por meio das redes sociais do Selo Literário Itan. Desse modo, é importante que as pessoas inscritas e as que prestigiam o trabalho, acompanhem os canais para que sejam atualizadas de todas as novidades.

seloitan

Entre o Cerrado, o Pantanal e Amazônia: espaço da literatura negra mato-grossense.

seloitan

O ITAN Selo Literário Independente configura-se como um espaço autoreferenciado que visa estimular a produção da literatura e promover um espaço de publicação para escritoras (es) negras (os) do estado de Mato Grosso.

Abayomi Jamila

Written by

Psicóloga, psicoterapeuta, pesquisadora, escrevivente, produtora cultural e editorial.

seloitan

O ITAN Selo Literário Independente configura-se como um espaço autoreferenciado que visa estimular a produção da literatura e promover um espaço de publicação para escritoras (es) negras (os) do estado de Mato Grosso.

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store