No rastro de Harry Potter no Reino Unido

Top 5 lugares que vão te transportar direto ao Mundo dos Bruxos

Procurando um carro voador também?

Seis horas dentro de um trem. Pela janela, montanhas entrecortadas por riachos, grandes lagos, cidadezinhas repletas de pequenas ruelas e castelos. Na fileira do lado, um menino lê através de seus óculos de armação preta redonda (juro!). Nosso destino? A Estação Kings Cross, coração de Londres.

Acho que todo mundo aqui já fez a mesma referência que eu, não?

Ao lado de Sherlock Holmes, Oliver Twist e Peter Pan, Harry Potter é personagem principal na construção do imaginário coletivo do Reino Unido. Por anos, lemos nos livros e vimos nos filmes versões mágicas da terra de Elizabeth, completando as lacunas com grandes doses de imaginação e romantismo. Referências ao mundo criado por J.K. Rowling estão por toda parte na Grã-Bretanha, nos nomes, no sotaque e até no modo de vestir (sim!), mas principalmente nas dezenas de lindíssimas paisagens citadas nos livros e que serviram de locação para o cinema. É natural então que, bons viajantes que somos, a gente queira cruzar a ponte entre história e fantasia e ver por si próprio as origens desse mundo pra lá de mágico.

Resolvi listar então os 5 principais locais na Inglaterra e Escócia que definitivamente vão acordar o 'PotterManíaco' dentro de você.

Preparados? Eu juro solenemente não fazer nada de bom.

  1. The Elephant House
    Edimburgo, Escócia

Enquanto a ideia para a saga de Harry Potter veio à J.K. Rowling durante uma viagem de trem, foi nesse café que a autora começou a esboçar as primeiras linhas da sua obra prima. Escondido entre as ruelas de Edimburgo, o café funciona da mesma forma até hoje e, embora ganhe sua dose diárias de turistas, oferece um ambiente bastante tranquilo e local. Dá pra sentar nas mesinhas, pedir um café e reler o seu livro favorito — pelo menos foi isso que eu fiz ;).

2. Anwick Castle
Northumberland, Inglaterra

Quem nunca sonhou em conhecer Hogwarts? Embora o castelo que vemos no filme seja na verdade uma mistura de diferentes castelos e palácios, talvez o que mais se aproxime da realidade seja o castelo de Anwick, na Inglaterra. Lá foram filmadas algumas das cenas mais icônicas dos dois primeiros filmes, como a primeira aula de voo de Harry (que eles inclusive oferecem de graça para os visitantes!).

Annwick Castle — ou seria Hogwarts?

3. Universidade de Oxford
Oxford, Inglaterra

Uma das melhores universidades do mundo, Oxford oferece mais do que uma formação de excelência: seus prédios fazem parte do patrimônio histórico do Reino Unido e uma série de sonhos acordados para todo mundo que já sonhou receber a carta de aceitação de Hogwarts. O Great Dining Hall da Christ Church College, por exemplo, foi literalmente copiado para representar o Salão Principal de Hogwarts.

Falta só a decoração das casas

Outras locações da universidade usadas no filme foram a The Divine School, que ambientou a ala hospitalar de Madame Pomfrey, e a Duke Humfrey’s Library, a biblioteca que Hermione tantas vezes visitou.

Essa biblioteca maravilhosa ❤

4. The Jacobite + Glenfinnan Viaduct
Entre Mallaig e Fort William, Escócia

Jacobite ou Expresso de Hogwarts?

Se você alguma vez já se perguntou a exata localização de Hogwarts, há quem diga que deve ficar nas Highlands escocesas, mais especificamente entre as cidades de Fort William e Mallaig. Pelo menos esse é o trajeto que o Expresso de Hogwarts fazia. Dá pra pegar o mesmo trem (que na vida real se chama The Jacobite) e ver de perto as paisagens que encantaram milhões a cada filme, incluindo a montanha Glen Nevis, pano de fundo das partidas de Quadribol, o lago Shiel, Lago Negro de Hogwarts, e o viaduto de Glenfinnan, sobre o qual Harry e Rony perseguiram o Expresso de Hogwarts em um carro voador.

Viaduto de Glenfinnan

5. Kings Cross Station
Londres, Inglaterra

Seja na vida real ou na ficção, a Estação de trem Kings Cross é o ponto de partida e chegada de muitas aventuras e definitivamente faz parte da agenda de todo fã de Harry Potter em Londres.

O fascínio é tanto que criaram a Plataforma 9 3/4 bem no saguão principal, ao lado de uma lojinha com produtos oficiais do bruxo (porque lógico, né?). Deu tanto certo que a fila pra tirar a fotinha ‘entrando’ na plataforma fica assim ó:

Já era o segredo, vocês não acham?

Londres oferece ainda um tour pelos estúdios da Warner, com cenários e figurinos usados pelo elenco, e a possibilidade de ver a continuação da história com a peça Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, no Palace Theatre (embora conseguir ingressos seja muuuito difícil e eu tenha minhas ressalvas quanto à peça -mais em outro post).

É claro que uma viagem ao Reino Unido oferece milhões de outras atrações a seus visitantes, mas ver de perto pelo menos um desses lugares faz bater forte nosso coração bruxo.

Malfeito feito.